Friso Grentsch/AFP
Friso Grentsch/AFP

Após decepção em Stuttgart, Federer atropela na estreia em Halle

Vitória veio por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2017 | 14h06

Depois da decepcionante estreia na grama, em Stuttgart, Roger Federer fez grande exibição nesta terça-feira, em Halle, também na Alemanha. Dono de oito títulos na competição, o tenista suíço precisou de apenas 52 minutos para atropelar o japonês Yuichi Sugita por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em sua estreia no torneio de nível ATP 500.

Foi sua segunda partida em seu retorno às quadras depois de ficar afastado por dois meses para evitar desgate físico e se preparar para Wimbledon, sua maior prioridade nesta segunda metade da temporada. Na primeira, Federer desapontou os fãs em Stuttgart ao cair de virada logo na primeira rodada, diante do experiente alemão Tommy Haas.

Desta vez, o número cinco do mundo não deu chances para zebras. Aproveitando 90% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço, não teve o fundamento ameaçado e faturou uma quebra de saque no set inicial.

Na segunda parcial, o número 66 do ranking chegou a faturar uma quebra de serviço, mas não esboçou maior reação. Federer se impôs novamente no saque e conquistou quatro quebras, em 11 break points cedidos pelo japonês.

Nas oitavas de final, Federer vai enfrentar o local Mischa Zverev, 29º do ranking. O tenista da casa avançou na chave ao superar o eslovaco Lukas Lacko por duplo 6/4. Será o quarto confronto entre os dois tenistas no circuito.

O suíço venceu os três anteriores, incluindo o duelo que fizeram nas quartas de final do Aberto da Austrália, em janeiro. No ano passado, na mesma grama de Halle, Federer levou a melhor por um surpreendente duplo 6/0.

O suíço de 35 anos foi uma exceção entre os veteranos nesta terça em Halle. A maior parte dos tenistas mais experientes se despediu logo na estreia. A começar pelo próprio Tommy Haas, algoz de Federer em Stuttgart. Ele foi batido pelo australiano Bernard Tomic por duplo 6/4.

O espanhol David Ferrer caiu diante do holandês Robin Haase por 3/6, 7/5 e 6/3, enquanto o francês Gilles Simon não resistiu ao jovem russo Karen Khachanov, de 21 anos, por 6/2, 6/7(2/7) e 6/3. Outro veterano a se despedir foi o italiano Paolo Lorenzi, derrotado pelo local Alexander Zverev, quarto cabeça de chave, por 6/3 e 6/2.

Rara exceção entre os tenistas mais experientes, o local Florian Mayer bateu o francês Benoit Paire por 6/0 e 6/4. Mayer é o atual campeão em Halle.

Entre outros cabeças de chave o destaque foi o também francês Lucas Pouille. Campeão em Stuttgart no fim de semana, ele precisou buscar a virada para vencer na estreia o local Jan-Lennard Struff por 1/6, 6/3 e 6/4.

O japonês Kei Nishikori, terceiro cabeça de chave, desbancou o espanhol Fernando Verdasco para seguir vivo na chave. Ele venceu por 6/7 (7/9), 6/3 e 6/4. Já Roberto Bautista Agut, outro tenista da Espanha, superou o argentino Carlos Berlocq por 6/0, 4/6 e 6/2.

Tudo o que sabemos sobre:
TênisYuichi SugitaRoger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.