Após doping, Gasquet é liberado a voltar ao circuito de tênis

O tenista francês Richard Gasquet foi liberado para retornar às quadras após testar positivo para cocaína, disse a Federação Internacional de Tênis nesta quarta-feira.

REUTERS

15 de julho de 2009 | 16h00

O número 32 do mundo foi suspenso temporariamente em maio após uma amostra em março, em Miami, ter apresentando resultado positivo para uma substância da cocaína.

"É um final feliz de uma provação dolorosa. Estou satisfeito de poder começar a competir novamente. Agora, é de volta ao tênis", disse o jogador de 22 anos à rádio francesa Europe 1.

A Federação informou que a "contaminação inadvertida" de Gasquet em uma boate na noite anterior ao seu jogo provocaria uma suspensão de 12 meses, o que seria desproporcional, e impôs uma suspensão de dois meses e 15 dias, vencida na quarta-feira.

Gasquet sempre se declarou inocente e disse que as amostras de cabelo testadas por um laboratório independente "mostraram nenhum traço de cocaína".

"Nunca consumi cocaína na minha vida, posso prometer", disse o tenista à mídia francesa antes da audiência do comitê disciplinar da Federação.

"Vi uma pessoa que estava naquela festa e esta pessoa me disse que a ele(a) havia sido ofertada cocaína naquela noite, que havia muita cocaína. Não vi isto. Se eu tivesse visto isso, teria deixado a boate."

(Reportagem de Jean-Paul Couret)

Tudo o que sabemos sobre:
TENISGASQUETRETORNA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.