Ali Haider/EFE
Ali Haider/EFE

Após dúvidas, Novak Djokovic confirma presença no Masters 1000 de Montecarlo

No piso de saibro, o líder do ranking vai defender o vice-campeonato do ano passado

AE, Agência Estado

16 de abril de 2013 | 15h37

MONTECARLO - Novak Djokovic enfim confirmou sua participação no Masters 1000 de Montecarlo. Em dúvida por causa de dores no tornozelo, o número 1 do mundo anunciou que vai competir nesta terça-feira, véspera de sua estreia, contra o russo Mikhail Youzhny.

O tenista da Sérvia fez o anúncio em vídeo divulgado nesta tarde. "Tenho boas notícias. Vou jogar em Montecarlo e amanhã será minha primeira partida", declarou Djokovic, que sofreu uma torção no tornozelo direito durante disputa com os Estados Unidos na Copa Davis, no dia 7 de abril.

Desde então, ele vinha reforçando a fisioterapia para estar em condições de jogar no saibro de Montecarlo, local de sua residência. "Estou muito animado porque nos últimos seis, sete dias eu fiz tudo que podia para me recuperar depois da lesão que senti na Copa Davis. Meu tornozelo está em um estado bom suficiente para eu poder jogar amanhã e espero dar o meu melhor e vencer".

A participação de Djokovic já era esperada desde o fim de semana, apesar do suspense. O sérvio vinha mostra boa forma nos treinos e chegou a fazer um bate-bola com Andy Murray em evento de divulgação do torneio, no sábado.

No saibro de Montecarlo, o líder do ranking vai defender o vice-campeonato do ano passado, quando foi superado pelo octocampeão Rafael Nadal. Se mostrar boa recuperação no torneio, Djokovic deverá cruzar com o argentino Juan Martín Del Potro nas quartas de final.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters de MontecarloDjokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.