Marijan Murat / AP
Marijan Murat / AP

Após faturar 98º troféu, Federer abre sua 310.ª semana na ponta do ranking da ATP

Brasileiros Rogério Dutra Silva e Thiago Monteiro ganham posições, mas seguem fora do top-100

Estadão Conteúdo

18 Junho 2018 | 09h02

Depois de conquistar no último domingo o título do Torneio de Stuttgart, Roger Federer assumiu oficialmente nesta segunda-feira a liderança no ranking masculino de simples da ATP e abriu 150 pontos de vantagem sobre o espanhol Rafael Nadal, o segundo colocado. O suíço agora chegou a 310 semanas não consecutivas como número 1 do mundo, um recorde que já era dele.

+ Halep segue na ponta do ranking e tenista sérvia sobe 16 posições após título

+ Gasquet é campeão em Hertogenbosch e encerra jejum de títulos

Nadal tinha 100 pontos de vantagem na liderança, mas abriu mão de disputar uma competição na sequência do 11.º título conquistado em Roland Garros, no dia 10. Federer, que não competiu no Grand Slam de Paris, aproveitou a brecha e já voltaria ao primeiro posto mesmo se perdesse na final do ATP 250 em Stuttgart - a vitória sobre o canadense Milos Raonic garantiu ao suíço o 98.º título de simples da carreira dele.

Federer e Nadal vêm se revezando na liderança do ranking desde janeiro. A temporada no saibro, encerrada em Roland Garros, favoreceu o espanhol, apesar do tropeço nas quartas de final do Masters 1000 de Madri. Agora o suíço tem, em tese, vantagem nas próximas semanas, já que serão disputados torneios em quadras de grama até 15 de julho, data da final do Grand Slam de Wimbledon.

Antes de atuar na tradicional competição realizada em Londres, que começa no próximo dia 2, Federer participará nesta semana do Torneio de Halle, ATP 500 alemão no qual ele vai buscar um histórico decacampeonato, após ter erguido o troféu da competição em 2003, 2004, 2005, 2006, 2008, 2013, 2014, 2015 e 2017.

O francês Richard Gasquet também foi campeão neste domingo, na grama do ATP 250 de Hertogenbosch, na Holanda, e pulou da 30.ª para a 25.ª posição. Entre os 20 primeiros, o búlgaro Grigor Dimitrov passou do quinto para o sexto lugar, ultrapassando o croata Marin Cilic, e o britânico Kyle Edmund tomou o 17.° posto do francês Lucas Pouille, que caiu para 18.º.

Número 1 do Brasil, Rogério Dutra Silva ganhou duas posições e subiu para o 137.º lugar, um acima de Thiago Monteiro, que ultrapassou dois tenistas no ranking. Guilherme Clezar agora é o 213.º colocado depois de ganhar cinco posições, enquanto Thomaz Bellucci se manteve em 274.º.

 

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1.º - Roger Federer (SUI), 8.920 pontos

2.º - Rafael Nadal (ESP), 8.770

3.º - Alexander Zverev (ALE), 5.965

4.º - Juan Martín del Potro (ARG), 5.080

5.º - Grigor Dimitrov (BUL), 4.870

6.º - Marin Cilic (CRO), 4.860

7.º - Dominic Thiem (AUT), 3.835

8.º - Kevin Anderson (RSA), 3.635

9.º - David Goffin (BEL), 3.110

10.º - John Isner (EUA), 3.070

11.º - Diego Schwartzman (ARG), 2.435

12.º - Pablo Carreño (ESP), 2.145

13.º - Sam Querrey (EUA), 2.130

14.º - Jack Sock (EUA), 2.110

15.º - Fabio Fognini (ITA), 2.030

16.º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.030

17.º - Kyle Edmund (ING), 1.950

18.º - Lucas Pouille (FRA), 1.870

19.º - Tomas Berdych (RCH), 1.715

20.º - Hyeon Chung (CRS), 1.685

137.º - Rogério Dutra Silva (BRA), 411

138.º - Thiago Monteiro (BRA), 411

213.º - Guilherme Clezar (BRA), 275

274.º - Thomaz Bellucci (BRA), 201

 
Mais conteúdo sobre:
tênis Roger Federer Rafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.