Mark Cristino / EFE
Mark Cristino / EFE

Após final em torneio da ITF, Bia Haddad sobe 51 posições no ranking

Nº1 do Brasil não jogou na maior parte da temporada devido a uma cirurgia nas costas

Estadão Conteúdo

05 Novembro 2018 | 11h02

Num processo de lento retorno ao alto nível, a tenista Beatriz Haddad Maia deu um salto no ranking da WTA, nesta segunda-feira, após ser vice-campeã do Torneio de Tyler, competição norte-americana de nível ITF, com premiação de US$ 80 mil (cerca de R$ 320 mil). Com o resultado, a brasileira voltou ao Top 200 do ranking.

Na lista atualizada nesta segunda, Bia figura na 184ª colocação, após ser derrotada pela local Whitney Osuigwe na decisão de domingo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Assim, ela saltou 51 posições em comparação ao ranking anterior (235º), que era sua pior marca desde 31 de outubro de 2016, quando figurou no 271º posto.

A tenista número 1 do Brasil vai pode recuperar mais posições no ranking antes de encerrar a sua temporada. A brasileira, que passou por cirurgia na coluna em maio, vai jogar o ITF de Las Vegas, de premiação de US$ 80 mil, nesta semana, também nos Estados Unidos.

Após Bia, a brasileira mais bem ranqueada na lista da WTA é a Carolina Meligeni Alves, sobrinha de Fernando Meligeni, ainda distante do Top 200. Ele subiu três posições nesta segunda e aparece na 359ª colocação. Gabriela Cé perdeu um posto e figura em 388.º.

Entre as primeiras colocadas do ranking, não houve alteração no Top 10 porque as principais tenistas do circuito não entraram em quadra. A maioria já encerrou a temporada e está de férias. Assim, a romena Simona Halep segue na ponta, seguida pela alemã Angelique Kerber e pela dinamarquesa Caroline Wozniacki.

A primeira alteração no ranking aconteceu na 11ª posição. A bielo-russa Aryna Sabalenka ganhou uma colocação e colou no Top 10 após discreta participação no Torneio de Zhuhai, na China, na semana passada. Ela foi eliminada na primeira fase da competição que é considerada o "lado B" do WTA Finals, que reúne as oito melhores da temporada. Em Zhuhai, estiveram seis tenistas que não conseguiram entrar no Finals.

A temporada da WTA ainda terá mais três torneios, de menor expressão, até o fim do ano, todos disputados nas duas próximas semanas. Estas competições, com menor distribuição de pontos, são de nível 125K, abaixo do International.


Confira as 20 primeiras colocadas do ranking da WTA:

1.º - Simona Halep (ROM), 6.921 pontos

2.º - Angelique Kerber (ALE), 5.875

3.º - Caroline Wozniacki (DIN), 5.586

4.º - Elina Svitolina (UCR), 5.350

5.º - Naomi Osaka (JAP), 5.115

6.º - Sloane Stephens (EUA), 5.023

7.º - Petra Kvitova (RCH), 4.630

8.º - Karolina Pliskova (RCH), 4.465

9.º - Kiki Bertens (HOL), 4.335

10.º - Daria Kasatkina (RUS), 3.415

11.º - Aryna Sabalenka (BIE), 3.245

12.º - Anastasija Sevastova (LET), 3.240

13.º - Elise Mertens (BEL), 3.165

14.º - Julia Görges (ALE), 3.055

15.º - Ashleigh Barty (AUS), 2.985

16.º - Serena Williams (EUA), 2.976

17.º - Madison Keys (EUA), 2.976

18.º - Garbiñe Muguruza (ESP), 2.910

19.º - Caroline Garcia (FRA), 2.660

20.º - Qiang Wang (CHI), 2.485

184.º - Beatriz Haddad Maia (BRA), 315

359.º - Carolina Meligeni Alves (BRA), 119

388.º - Gabriela Cé (BRA), 103

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.