Após folga, Bellucci vai para o México com 'fôlego novo'

O brasileiro Thomaz Bellucci não correspondeu às expectativas com o seu desempenho no Brasil Open, na Costa do Sauipe, onde caiu ainda nas quartas de final, logo depois de ter vencido o Torneio de Santiago, no Chile. Agora, porém, o tenista número 1 do País terá a chance de se redimir no ATP de Acapulco, no México, para o qual embarca nesta sexta-feira.

AE, Agencia Estado

19 de fevereiro de 2010 | 17h42

Após uma semana de folga desde a eliminação no Brasil Open - caiu para o compatriota Ricardo Mello -, Bellucci garante que parte para a competição mexicana de "fôlego novo". "Foi bom dar uma parada", disse o atual número 32 do mundo. "Ganhei um fôlego novo. Já voltei ao normal nesses últimos três dias de treinos."

No Torneio de Acapulco, disputado em quadras de saibro e que dá 500 pontos ao campeão, Bellucci ainda vive a expectativa de ser cabeça de chave. Para isso, precisa da desistência de um dos favoritos. "Seria bom, pois evitaria enfrentar os jogadores mais fortes logo na primeira rodada", comentou o brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.