Pedro Pardo/AFP
Pedro Pardo/AFP

Após maior vitória da carreira, Bia perde de chinesa em Acapulco

Brasileira é superada por Yafan Wang, 65ª do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4

Redação, Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2019 | 21h27

Depois de uma de suas maiores exibições da carreira na quarta-feira, Beatriz Haddad Maia abusou dos erros nesta quinta e foi eliminada do Torneio de Acapulco, no México, na fase de quartas de final. A tenista número 1 do Brasil foi derrotada pela chinesa Yafan Wang, 65ª do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h42min.

Irregular, a brasileira cometeu seguidos erros não forçados, principalmente no set inicial. Nas duas parciais do jogo, saiu na frente, com uma quebra de saque de vantagem, mas permitiu a virada da adversária, que vinha descansada porque precisara disputar apenas cinco games no jogo anterior, contra a porto-riquenha Monica Puig.

Bia disputou a quarta partida na quadra dura de Acapulco porque vinha do qualifying, quando obteve duas vitórias seguidas e entrou na chave principal. Neste embalo, conquistara na noite de quarta a maior vitória de sua carreira, ao superar a norte-americana Sloane Stephens, atual número quatro do mundo e campeã do US Open de 2017.

O triunfo marcou ainda um feito histórico. Foi a maior vitória de uma tenista brasileira na era aberta do tênis (a partir de 1968). Até então, o maior triunfo fora obtido por Andrea Vieira, a Dadá, sobre a checa Helena Sukova, então número 5 do mundo, em maio de 1989.

Mas o embalo e a confiança pelo feito do dia anterior tropeçaram nos erros de Bia. No primeiro set, ela obteve a primeira quebra do jogo ao abrir 3/2 no placar. Mas a chinesa devolveu a quebra e equilibrou rapidamente o duelo. Embalada, Wang aproveitou ligeira oscilação no serviço da brasileira para obter mais uma quebra logo em seguida, encaminhando o set.

No segundo, Bia voltou a se impor no serviço da rival asiática. Fez 2/0. Mas novamente cedeu a quebra. Pior: Wang voltou a quebrar o serviço da brasileira no nono game, fazendo 5/4. No game seguinte, sacramentou a vitória no primeiro duelo entre as duas tenistas no circuito profissional.

Apesar da derrota, Bia deixa Acapulco com bons motivos para sorrir. Além do feito histórico, ele somou bons pontos no ranking. A atual 172ª do mundo deve aparecer no 150º posto na lista atualizada pela WTA na segunda-feira.

Já Yafan Wang avançou à semifinal em Acapulco. Sua próxima adversária vai sair do duelo entre a britânica Johanna Konta, oitava cabeça de chave, e a croata Donna Vekic, terceira pré-classificada do torneio mexicano.

Mais conteúdo sobre:
Bia Haddadtênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.