Após ouro olímpico, Nadal ganha mais um título em duplas

Ao lado de Carreno Busta, espanhol venceu Sock e Tomic na decisão por 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

09 Outubro 2016 | 09h50

Rafael Nadal confirmou a boa fase como duplista e venceu neste domingo o Torneio de Pequim, ao lado do também espanhol Pablo Carreno Busta. Na final, eles bateram Jack Sock (EUA) e Bernard Tomic (Austrália) por 2 a 1, com parciais de 6/7 (6/8), 6/2 e 10-8. Tomic e Sock haviam sido os algozes do brasileiro Marcelo Melo na semifinal.

Nadal raramente joga competições de duplas, mas, nos Jogos Olímpicos do Rio, conquistou o ouro com Marc Lopez. Desde 2008, todos os títulos dele em duplas haviam sido ou em Doha (2005, 2009, 2011 e 2015), ou em Indian Wells (2010, 2012). Em 10 anos, ganhou só seis títulos - também em Montecarlo, em 2008.

Apesar do bom momento em duplas, ele avisou que não vai continuar jogando. "Não posso ter nenhuma continuidade em duplas porque estou em outras cosas. Há torneios em que é bom jogar em duplas, eu jogo e tento fazer o melhor possível. Sou consciente de que, se o físico me permite, as duplas me ajudam a melhorar outras coisas", afirmou, indicando que vai manter a prioridade em simples.

Eliminado nas quartas de final na China em simples, Nadal vai perder duas posições no ranking, do quarto para o sexto lugar. Será ultrapassado pelo japonês Kei Nishikori e pelo canadense Milos Raonic. Ao menos continua na frente de Roger Federer, o sétimo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.