Após quase 3 meses, Tsonga volta com vitória em Metz

Tenista francês está recuperado de uma lesão no joelho

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 16h05

METZ - Atual oitavo tenista do ranking mundial, Jo-Wilfried Tsonga teve volta vitoriosa às quadras nesta quarta-feira. Sem jogar há quase três meses, por causa de uma lesão no joelho esquerdo que o fez abandonar um jogo válido pela segunda rodada de Wimbledon, o francês estreou no Torneio de Metz derrotando o seu compatriota Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Com o triunfo, Tsonga se garantiu nas quartas de final do ATP 250 francês, do qual é o cabeça de chave número 1, e terá como próximo adversário o alemão Tobias Kamke, que nesta quarta venceu o húngaro Marton Fucsovics por 2 sets a 1, de virada, com 1/6, 6/3 e 6/2.

Por causa da lesão no joelho, Tsonga perdeu uma série de torneios do circuito profissional e acabou ficando fora do US Open, último Grand Slam da temporada. E, neste seu retorno, o francês precisou de apenas uma hora e nove minutos em quadra para vencer. Ele não teve o seu saque quebrado nenhuma vez e ofereceu apenas um break point a Roger-Vasselin, assim como aproveitou duas de cinco oportunidades de ganhar games no serviço do rival.

Outro cabeça de chave que garantiu vaga nas quartas de final de Metz neste dia de confrontos foi o norte-americano Sam Querrey. Sexto pré-classificado, ele contou com a desistência do francês Paul-Henri Mathieu após vencer o primeiro set por 6/2. O seu próximo rival sairá do duelo entre os franceses Giles Simon, segundo cabeça de chave, e Kenny De Schepper.

Já o francês Nicolas Mahut foi à segunda rodada e se credenciou nesta quarta como primeiro rival do italiano Andreas Seppi, terceiro pré-classificado, ao bater o argentino Leonardo Mayer por 7/6 (7/2) e 6/4. Carlos Berlocq, por sua vez, conseguiu garantir a presença de um tenista da Argentina na segunda rodada ao superar o checo Jiri Vesely por 6/3 e 6/4. Seu próximo rival será o alemão Philipp Kohlschreiber, quarto cabeça de chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.