Após romper com Larri, Bellucci terá técnico argentino

Depois de romper a parceria que tinha com Larri Passos, no mês passado, Thomaz Bellucci confirmou nesta quarta-feira a contratação do argentino Daniel Orsanic, de 43 anos, como seu novo técnico. O novo comandante assumirá a missão de iniciar uma nova fase na carreira do tenista número 1 do Brasil, que acumulou resultados decepcionantes ao longo desta temporada, encerrada por ele na 37.ª posição do ranking mundial.

AE, Agência Estado

30 de novembro de 2011 | 12h01

"Eu espero que 2012 seja um ano bastante positivo com o Orsanic. Ele tem um perfil que eu gosto, além de ser um ótimo técnico e um cara bacana de conviver fora da quadra", disse Bellucci, ao falar sobre o treinador que foi tenista profissional entre 1987 e 2001.

Orsanic, que chegou a ocupar o posto de 107.º colocado no ranking da ATP, teve mais sucesso na carreira de tenista como duplista. Nesta condição, ele foi semifinalista de Roland Garros em duas oportunidades. Uma em 1997, ao lado do argentino Lucas Arnold, e depois em 2000, quando fez parceria com o brasileiro Jaime Oncins. Na melhor fase de sua carreira, ele foi o 24.º colocado do mundo em duplas.

Agora sob o comando de Bellucci, Orsanic estabeleceu como primeira principal meta fazer o brasileiro ter o melhor ano da sua carreira já em 2012. "Nosso objetivo inicial é nos conhecermos melhor durante a pré-temporada e criarmos um clima agradável de trabalho. A partir daí vamos reforçar suas virtudes e melhorar os aspectos que considerarmos necessários. Mas já posso adiantar que nossa meta para 2012 é que o Thomaz tenha o seu melhor ano", afirmou o treinador.

Orsanic estreou como técnico em 2002 e já comandou o peruano Luis Horna, os argentinos Mariano Hood, Lucas Arnold e Jose Acasuso e o uruguaio Pablo Cuevas. Sob a batuta do novo técnico, Bellucci irá iniciar a sua pré-temporada na próxima semana, em Monte Mor, no interior paulista, antes de finalizá-la em Buenos Aires. Em seguida, o tenista e o treinador irão definir o calendário de torneios de 2012, que deverá começar em Auckland, na Nova Zelândia.

ASSIM COMO GUGA - Curiosamente, ao anunciar o seu novo técnico, Bellucci adotou estratégia parecida com a promovida há seis anos por Gustavo Kuerten, ex-tenista número 1 do Brasil e do mundo. Após um período de desgaste com Larri Passos, o catarinense contratou o também argentino Hernan Gumy como novo técnico em maio de 2005. Porém, a parceria durou pouco mais de um ano e Guga acabou anunciando, em setembro de 2006, que voltaria a ser comandado por Larri. Ao lado do treinador, ele foi tricampeão de Roland Garros e ganhou 20 títulos de simples ao total.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.