Justin Lane/EFE
Justin Lane/EFE

Após título, Del Potro diz que sonha ser como Roger Federer

Campeão do US Open, argentino admitiu que ainda está longe de se igualar ao número 1 do ranking da ATP

AE-AP, Agencia Estado

15 de setembro de 2009 | 09h33

Depois de vencer Roger Federer e conquistar o título do US Open, na segunda-feira, o argentino Juan Martin del Potro não conseguiu conter a emoção. Afinal, além de chegar a sua primeira taça de Grand Slam, ele conseguiu pela primeira vez derrotar seu grande ídolo.

Veja também:

link Argentino assume a quinta posição no ranking

link Del Potro surpreende Federer e leva o título

mais imagens GALERIA - Confira as imagens da decisão

especial US OPEN - Leia mais sobre o torneio

especial QUIZ - Responda às perguntas sobre o US Open

especial INFOGRÁFICO - Saiba tudo sobre o torneio

"Eu tinha dois sonhos: um era conquistar o US Open, e o outro era ser como Roger. Um deles eu já consegui", disse Del Potro, humilde, admitindo que ainda falta muito para alcançar o nível do suíço. Federer tem 15 títulos de Grand Slam e havia vencido as cinco últimas edições do torneio norte-americano.

Derrotado pela primeira vez no torneio desde 2003, Federer viu uma sequência de 40 vitórias terminar justamente na final. O suíço tentou não se abalar com o resultado. "Ganhar cinco vezes seguidas foi ótimo, como ganhar quatro já havia sido. Ser hexacampeão também seria especial, mas não se pode ter tudo", afirmou.

Com o título, Del Potro quebrou um tabu de títulos argentinos em torneios do Grand Slam. Desde a conquista de Gaston Gaudio, em Roland Garros, em 2004, um tenista do país não levantava uma taça nos principais torneios do calendário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.