Rebecca Naden/AP
Rebecca Naden/AP

Após título e recorde, Federer volta a liderar ranking

Suíço passa à frente de Nadal após 46 semanas e abre 485 pontos; melhor brasileiro é Thiago Alves

AE-AP, Agência Estado

06 de julho de 2009 | 09h04

O suíço Roger Federer voltou a liderar o ranking mundial de tênis, após o sexto título em Wimbledon, conquistado no domingo. Na lista desta segunda-feira, o novo recordista de títulos de Grand Slam (15) aparece com 11.220 pontos, 485 à frente de Rafael Nadal, que liderou durante as últimas 46 semanas, e não disputou o torneio inglês devido a lesões nos joelhos.

Veja também:

linkFederer conquista Wimbledon e supera Sampras

linkFederer comemora recorde e retorno ao topo

linkFederer ganha Wimbledon e Roland Garros

linkRoddick elogia Federer e pede desculpas

especialESPECIAL - Os 15 Grand Slams de Federer

mais imagens GALERIA - Veja imagens da decisão

forum BATE-PRONTO - Federer: o maior de todos

especialWIMBLEDON - Leia mais sobre o torneio

 RANKING DA ATP - 6/7/2009
 1.º - Roger Federer (SUI), 11.220 pontos

 2.º - Rafael Nadal (ESP), 10.735

 3.º - Andy Murray (ING), 9.450

 4.º - Novak Djokovic (SER), 8.150

 5.º - Juan Martín Del Potro (ARG), 5.705

 6.º - Andy Roddick (EUA), 5.440

 7.º - Gilles Simon (FRA), 4.000

 8.º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.600

 9.º - Fernando Verdasco (ESP), 3.500

 10.º - Fernando González (CHI), 3.185

 98.º - Thiago Alves (BRA), 713

 101.º - Marcos Daniel (BRA), 710

 143.º - Thomaz Bellucci (BRA), 501

 160.º - Ricardo Hocevar (BRA), 451

O britânico Andy Murray, semifinalista no All England Club, tem 9.450 pontos, e começa a se aproximar do espanhol. Novak Djokovic mantém-se em quarto, seguido por Juan Martin del Potro e Andy Roddick - adversário derrotado por Federer na final.

Outro destaque da lista é a ascensão de Tommy Haas. Depois de chegar á semifinal do torneio, o ex-número 2 pulou do 34º para o 19º lugar. Lleyton Hewitt, que já liderou a lista da ATP, também teve boa subida e foi ao 44º lugar, 12 postos acima do que ocupava na última relação.

Entre os brasileiros, o destaque ficou com Thiago Alves. Depois de ir à segunda rodada em Wimbledon e às quartas de final em Turim, ele subiu 20 posições e agora é o 98º do ranking - além de ser o novo número 1 do País, carimbou seu retorno ao grupo dos 100 melhores do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.