Elise Amendola/AP
Elise Amendola/AP

Após título, Mahut elimina brasileiros nas duplas

Francês bateu Marcelo Demoliner e André Sá

AE, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 21h21

SÃO PAULO - Depois de enfrentar uma rodada dupla neste domingo, ganhando a semifinal e a final na sequência, para ser campeão do Torneio de Newport, nos Estados Unidos, o tenista francês Nicolas Mahut ainda voltou à quadra para mais um jogo. Dessa vez, foi pela chave de duplas, quando jogou ao lado do seu compatriota Edouard Roger-Vasselin e venceu novamente, eliminando os brasileiros Marcelo Demoliner e André Sá e passando para a decisão do título.

Mahut teve que enfrentar três jogos seguidos neste domingo porque a programação de sábado foi toda adiada, em razão da insistente chuva em Newport. Mas, depois da maratona, o francês de 31 anos ganhou uma folga da organização do torneio, que decidiu mudar a data da final da chave de duplas. Assim, ele e Edouard Roger-Vasselin vão enfrentar os norte-americanos Tim Smyczek e Rhyne Williams apenas na manhã desta segunda-feira.

Ao todo, Mahut ficou 4 horas, 48 minutos e 34 segundos em quadra neste domingo, com pequenos intervalos entre os três jogos em Newport. Ele começou o dia vencendo a semifinal de simples diante do norte-americano Michael Russel por 2 sets a 0, com duplo 6/2, em 1h03min06. Depois, encarou na sequência a final contra o australiano Lleyton Hewitt e ganhou por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/5 e 6/3, em 2h19min52.

Embalado pelo título, o segundo de sua carreira no circuito da ATP - antes, ganhou em Hertogenbosch, na Holanda, também nesta temporada -, Mahut voltou para quadra logo depois. Dessa vez, jogando ao lado de Edouard Roger-Vasselin na semifinal de duplas, ele enfrentou os brasileiros Marcelo Demoliner e André Sá, que estavam descansando esse tempo todo. No final, vitória dos franceses por 6/4 e 7/6 (7/4), em 1h23min36.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMahut

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.