Após título, Nadal fica mais próximo da liderança da ATP

Rafael Nadal voltou a consagrar a sua temporada espetacular, na noite desta segunda-feira, ao bater Novak Djokovic por 3 sets a 1 e conquistar o título do US Open. Para completar, o espanhol se vê cada vez mais próximo de alcançar o sérvio na liderança do ranking mundial. Encerrado o último Grand Slam da temporada, ele está apenas 120 pontos atrás do atual número 1 do mundo.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2013 | 10h13

A pontuação dos dois tenistas foi atualizada depois da decisão em Nova York e o ranking traz Nadal com 10.860 pontos, contra 10.980 de Djokovic, enquanto a terceira posição continua sendo ocupada pelo britânico Andy Murray, bem distante dos dois primeiros colocados, com 7.060 ao total.

Depois da final do US Open, Djokovic reconheceu que Nadal está próximo de voltar a liderar o ranking mundial, até porque o sérvio ainda precisará defender muitos pontos nesta temporada, entre os quais os alcançados no ano passado como campeão do ATP 500 de Pequim e do Masters 1.000 de Xangai. "Hoje sou o número 1, mas ele tem mais chances de terminar o ano em primeiro", disse.

O espanhol David Ferrer e o checo Tomas Berdych também sustentaram suas respectivas quarta e quinta colocações da atualização anterior do ranking, enquanto o suíço Roger Federer saltou do sétimo para o sexto lugar, ultrapassando o argentino Juan Martín del Potro. Os franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet e o suíço Stanislas Wawrinka completam, nesta ordem, o Top 10.

Já as duas principais novidades do Top 20 foram o espanhol Tommy Robredo e o russo Mikhail Youzhny, que entraram no grupo dos 20 mais bem colocados por causa das boas campanhas que realizaram no US Open. O tenista da Espanha surpreendeu ao eliminar Federer em Nova York e pulou da 22.ª para a 19.ª posição, enquanto o jogador da Rússia galgou quatro postos e passou a ocupar o 20.º lugar da ATP. Assim como Robredo, Youzhny chegou às quartas de final do Grand Slam norte-americano.

Já o brasileiro Thomaz Bellucci, mesmo atravessando péssima fase, subiu duas posições nesta atualização do ranking e agora ocupa o 116.º lugar. O tenista número 1 do País está apenas dois postos à frente de João Souza, o Feijão, que galgou mais três colocações. Já Rogério Dutra Silva, arrasado por Nadal nesta edição do US Open, saltou sete e agora é o tenista 127 do mundo.

DUPLAS - Vice-campeões no US Open, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander já asseguraram classificação matemática para o ATP Finals de Londres, torneio que reunirá os melhores tenistas do ano, em novembro. Eles foram confirmados nesta semana com 6.185 pontos no ranking de duplas da temporada e estão atrás apenas dos irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, disparados na ponta, com 12.705.

As oito melhores parcerias de 2013 jogarão o ATP Finals, sendo que Soares e Peya já estão com 3.965 pontos de vantagem sobre o francês Julien Benneteau e o sérvio Nenad Zimonjic, atuais nono colocados na corrida em busca de uma vaga em Londres. O brasileiro e o austríaco estão garantidos na competição pelo fato de que as duplas do circuito profissional poderão somar o máximo de 3.750 pontos até o final do ano.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1.º Novak Djokovic (SER), 10.980 pontos

2.º Rafael Nadal (ESP), 10.860

3.º Andy Murray (GBR), 7.060

4.º David Ferrer (ESP), 6.850

5.º Tomas Berdych (RCH), 4.535

6.º Roger Federer (SUI), 4.515

7.º Juan Martín Del Potro (ARG), 4.425

8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.425

9.º Richard Gasquet (FRA), 3.165

10.º Stanislas Wawrinka (SUI), 3.150

11.º Milos Raonic (CAN), 2.555

12.º Kei Nishikori (JAP), 2.325

13.º Tommy Haas (Germany), 2.265

14.º Jerzy Janowicz (Poland), 2.110

15.º John Isner (EUA), 2.025

16.º Gilles Simon (FRA), 1.950

17.º Fabio Fognini (ITA), 1.945

18.º Nicolás Almagro (ESP), 1.940

19.º Tommy Robredo (ESP), 1.890

20.º Mikhail Youzhny (RUS), 1.825

116.º Thomaz Bellucci (BRA), 485

118.º João Souza (BRA), 476

127.º Rogério Dutra Silva (BRA), 447

192.º André Ghem (BRA), 240

Tudo o que sabemos sobre:
tênisranking da ATPRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.