Após vice, Bellucci vê como 'positiva' sua participação em challenger italiano

Brasileiro foi derrotado na final do torneio

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2016 | 17h42

Mesmo depois de ter perdido a decisão do Challenger de Biella para Federico Gaio, número 213 do mundo, o brasileiro Thomaz Bellucci gostou do seu desempenho na competição e agora mira a preparação final para os Jogos Olímpicos.

"Foi uma semana positiva. Mesmo saindo com o vice, consegui me manter regular durante todo o torneio, estando mentalmente e fisicamente firme para ir avançando jogo a jogo", analisou o tenista número 1 do Brasil e 52º do mundo.

Bellucci volta ao Brasil e na terça-feira chega ao Rio de Janeiro para iniciar sua preparação para os Jogos Olímpicos. "Sigo para o Rio com a motivação em alta por poder participar de mais uma Olimpíada defendendo o Brasil. Essa, em especial, por ser em casa ao lado da torcida, dos amigos e da família", afirmou.

Gaio derrotou Bellucci neste domingo por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2, e faturou o título em Biella. Foi o segundo adversário brasileiro batido na sequência por Gaio, que já havia eliminado João Souza, o "Feijão", nas semifinais. O número 52 do mundo tentava o décimo título de challenger na carreira. A conquista mais recente aconteceu há três semanas no saibro alemão de Braunschweig.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.