John Thys/AFP
John Thys/AFP

Argentinos vencem batalha de quatro horas e abrem 2 a 1 na Davis

Leonardo Mayer e Carlos Berlocq batem Steve Darcis e Bemelmans

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 18h45

A Argentina ficou mais perto de jogar a sua quinta decisão de Copa Davis. Neste sábado, Leonardo Mayer e Carlos Berlocq venceram Steve Darcis e Ruben Bemelmans por 3 sets a 1, com parciais de 6/2, 7/6 (7/2), 5/7 e 7/6 (7/5), e fizeram o país abrir 2 a 1 sobre a Bélgica na semifinal da competição, em Bruxelas, na Bélgica.

Os argentinos triunfaram em uma batalha de quatro horas cravadas de duração e assim deixaram a nação a um triunfo de se garantir na decisão. Neste domingo, às 9 horas (de Brasília), Mayer terá a chance de liquidar o duelo entre os países em partida diante do favorito David Goffin, 15º tenista do mundo, no primeiro jogo do dia.

E, caso Goffin confirme favoritismo, a decisão da vaga na final ficará para a quinta partida. Inicialmente, está programado o duelo entre o local Darcis e Federico Delbonis para fechar o confronto entre as nações, mas os capitães das duas equipes podem mudar o tenista escalado até pouco antes do embate.

Finalista da Davis em 1981, 2006, 2008 e 2011, a Argentina nunca conseguiu ser campeã e, caso triunfe neste domingo, enfrentará na decisão da competição quem levar a melhor no confronto entre Grã-Bretanha e Austrália. Os britânicos também lideram a outra semifinal por 2 a 1 e apostam todas as fichas em Andy Murray, terceiro tenista do mundo, para ir à final neste domingo, em Glasgow, na Escócia.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisArgentinaBélgica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.