ATP alerta para doping de Coria

Às vésperas de iniciar um rígido controle antidoping - seguindo as regras do Comitê Olímpico Internacional (COI) - a partir de primeiro de janeiro de 2002, a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) anunciou neste sábado, nos Estados Unidos, a suspensão por sete meses e multa de US$ 98,565 mil ao tenista argentino Guillermo Coria, por uso do metabólico nandrolona, detectado durante o torneio de Barcelona, em 25 de abril.Para o todo-poderoso da ATP, Mark Miles, esta punição é uma espécie de alerta a todos os outros tenistas, que devem ficar atentos ao consumo de compostos nutricionais. A partir do próximo ano, o antidoping no tênis passará a ter regras bem mais exigentes, à altura da importância da modalidade, que até hoje se mostrou ineficiente no controle, apesar desta recente punição a Guillermo Coria.Pelas regras do COI, que proibe o uso de efedrina, até mesmo um simples antiinflamatório, encontrado em farmácias, poderá causar problemas aos tenistas.Defesa - Esta foi justamente a defesa apresentada por Coria. Ele disse que usava este composto nutricional sem saber que continha nandrolona, que não identificava esta substância na etiqueta. Mesmo com esta justificativa, não escapou da punição, determinada por uma comissão formada pelos professores Richard McLaren, do Canadá; Arturo Marti, de Porto Rico e pelo médico Eduardo de Rose, do Brasil. Reunidos em 30 de novembro para analisar o caso, os membros da comissão não tiveram dúvidas no uso de substâncias proibidas pelo tenista argentino.Com 19 anos, Guillermo Coria chegou a ser apontado como um dos maiores nomes do tênis sul-americano e uma ameaça ao brasileiro Gustavo Kuerten. Só que agora, sua carreira fica manchada e interrompida por um grave problema. Está sem jogar desde 6 de agosto e ficará fora das quadras até 13 de março do próximo ano. Além disso, deixará de ocupar a 30ª posição no ranking mundial, devendo sair o grupo dos 100 primeiros.Curiosamente este é o segundo caso seguido envolvendo jogadores da Argentina. Na atual temporada, Juan Ignacio Chela também chegou a ser punido por doping e já cumpriu a suspensão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.