Ian Macnicol/AFP
Ian Macnicol/AFP

ATP diz que Murray precisará jogar o Finals antes da final da Davis

Torneio dos melhores tenistas da temporada será em novembro

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2015 | 09h53

A Associação do Tenistas Profissionais (ATP) indicou nesta terça-feira desagrado com a declaração de Andy Murray de que pode ficar fora da próxima edição do ATP Finals para se concentrar na preparação para a decisão da Copa Davis. O presidente da ATP, Chris Kermode, deixou claro que espera contar com a participação de Murray no torneio agendado para novembro em Londres.

O dirigente lembrou que o ATP Finals "é um torneio obrigatório". "As nossas expectativas são de que, se estiver em forma, Andy irá competir no torneio deste ano", afirmou Kermode, exibindo insatisfação com a possibilidade do número 3 do mundo se "poupar" da competição que reúne os oito melhores tenistas da temporada.

Anteriormente, em entrevista à rádio britânica BBC, Murray declarou que se a Bélgica, mandante da decisão da Copa Davis, optar por realizar o confronto em uma quadra de saibro, o ATP Finals "seria, obviamente, um ponto de interrogação". "Isso poderia significar jogar apenas por dois dias no saibro antes das partidas finais da Copa Davis", disse.

O ATP Finals está programado para ser disputado entre os dias 15 e 22 de novembro. A decisão da Copa Davis, a primeira da Grã-Bretanha em 37 anos, será entre 27 e 29 de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisAndy MurrayATP Finals

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.