Pascal Rossignol/Reuters
Pascal Rossignol/Reuters

Atual campeã de Roland Garros, Jelena Ostapenko perde em estreia e acusa lesão

Atleta letã é a segunda campeã a estrear com derrota na edição do torneio em que defendia o título

Estadão Conteúdo

27 de maio de 2018 | 20h14

A letã Jelena Ostapenko se tornou a segunda campeã de Roland Garros a estrear com derrota na edição do torneio em que ele defendia o título. A algoz da quinta colocada no ranking mundial da WTA, neste domingo, foi a ucraniana Kateryna Kozlova, apenas a 67.ª do mundo, que venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3.

+ Alexander Zverev estreia com vitória rápida em Roland Garros: 'Dá confiança'

+ Bellucci perde para argentino na estreia e está eliminado de Roland Garros

A marca negativa no Grand Slam francês só havia acontecido em 2005, quando russa Anastasia Myskina foi eliminada na primeira rodada. De acordo com Jelena Ostapenko, um problema físico afetou o desempenho dela. "Até dois dias atrás eu não conseguia treinar. Eu me lesionei em Roma e isso complicou bastante minha preparação. Pedi para não jogar no domingo, mas a organização quis que fosse assim", relatou a tenista de 20 anos.

Quem não fez muito esforço para passar da primeira fase foi a casaque Zarina Diyas, que derrotou a polonesa Magda Linette por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Outra polonesa, Magdalena Frech precisou de três sets para vencer a russa Ekaterina Alexandrova - parciais de 6/3, 3/6 e 6/3.

Duas partidas não terminaram por falta de luz natural e tiveram os seus desfechos adiados para esta segunda-feira. A norte-americana Christina McHale venceu por 7/5 o primeiro set sobre a romena Alexandra Dulgheru, que deu o troco por 7/6 (7/5) na segunda parcial. Elas não chegaram a iniciar o terceiro set antes de o jogo ser paralisado. Já a francesa Pauline Parmentier batia de virada a compatriota Chloe Paquet - 3/6, 7/6 (7/4) e 3/1 - quando o duelo foi interrompido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.