Atual campeã, Itália jogará Fed Cup sem força máxima

Sara Errani, Roberta Vinci, Flavia Pennetta e Francesca Schiavone pediram para não participar do confronto

Agência Estado

26 de janeiro de 2014 | 13h33

ROMA - Atual campeã da Fed Cup - a versão feminina da Copa Davis -, a Itália vai estrear na edição de 2014 do torneio de tênis sem as suas principais jogadoras no duelo com os Estados Unidos, válido pela primeira rodada do Grupo Mundial, e que está marcado para ser disputado nos dias 8 e 9 de fevereiro em Cleveland.

Neste domingo, a Federação Italiana de Tênis revelou, através de um comunicado, que Sara Errani, Roberta Vinci, Flavia Pennetta e Francesca Schiavone pediram para não participar do confronto. Assim, o capitão da Itália, Corrado Barazzutti, provavelmente vai convocar Camila Giorgi, Karin Knapp, Nastassja Burnett e Alice Matteucci.

As principais tenistas da Itália alegaram cansaço e a rotina desgastantes de torneios e viagens para não jogarem. Após o Aberto da Austrália, elas vão participar do Torneio de Paris e do Torneio de Doha, em Catar. Tudo isso em um período de três semanas, que inclui a Fed Cup. E Errani e Vinci foram campeãs da chave feminina de duplas do Grand Slam australiano na última sexta-feira.

"Nós decidimos aceitar o pedido dos nossas veteranas", disse Barazzutti, que vai convocar outras jogadoras da Itália para o duelo com os Estados Unidos na próxima quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisFed CupItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.