Jsaon Reed/Reuters
Jsaon Reed/Reuters

Atual campeão, Hewitt é eliminado na estreia do Torneio de Brisbane

Australiano veterano perde para compatriota por 2 sets a 0 em uma atuação muito ruim e com partida definida em menos de uma hora

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2015 | 12h29

O australiano Lleyton Hewitt decepcionou na sua partida de estreia no Torneio de Brisbane, ATP 250 disputado em quadras rápidas. Nesta terça-feira, o atual campeão da competição australiana e número 84 do mundo perdeu para o compatriota Sam Groth, 85º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 58 minutos.

Hewitt sofreu com o potente saque de Groth, que disparou 14 aces e salvou os dois break points que o compatriota teve. Além disso, conseguiu três quebras de serviço para avançar. Agora, Groth terá pela frente o polonês Lukasz Kubot, número 177 do mundo, que surpreendeu ao derrotar o sul-africano Kevin Anderson, 16º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4. 

Número 23 do mundo, o ucraniano Alexandr Dolgopolov avançou às oitavas de final em Brisbane ao bater o argentino Carlos Berlocq, 71º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Seu próximo oponente será o eslovaco Martin Klizan, número 34 do mundo, que passou pelo austríaco Jurgen Melzer (6/7, 7/6 e 6/1). 

O australiano John Millman, número 153 do mundo, será o adversário de estreia do suíço Roger Federer após derrotar o norte-americano Rhyne Williams (6/3 e 6/1). Já o japonês Kei Nishikori vai encarar o norte-americano Steve Johnson, número 37 do mundo, que passou pelo australiano Marinko Matosevic (2/6, 7/6 e 7/5). 

O canadense Milos Raonic vai enfrentar nas oitavas de final o casaque Mikhail Kukushkin, número 69 do mundo, que estreou com vitória sobre o romeno Marius Copil (6/4, 4/6 e 6/4). Já o finlandês Jarkko Nieminen também se classificou às oitavas de final do Torneio de Brisbane nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.