Will Oliver/EFE
Will Oliver/EFE

Atual campeão, Zverev bate Medvedev, elimina Nadal e avança à semi do ATP Finals

Alemão faz 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4); Stefanos Tsitsipas também se classifica

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2019 | 21h00

Atual campeão do ATP Finals, o alemão Alexander Zverev garantiu vaga na semifinal desta edição do torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada ao vencer o russo Daniil Medvedev por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4), nesta sexta-feira, em Londres, e terminar a primeira fase da competição na vice-liderança do Grupo Andre Agassi.

Com o triunfo, o sétimo colocado do ranking mundial também eliminou o espanhol Rafael Nadal, que horas mais cedo fechou a sua campanha na chave com uma vitória por 2 sets a 1 sobre Stefanos Tsitsipas. Mesmo com a derrota para o número 1 do mundo, o grego foi à próxima fase do evento na capital inglesa como líder.

Desta forma, Tsitsipas enfrentará neste sábado, às 11 horas (de Brasília), o suíço Roger Federer, que avançou como vice-líder do Grupo Bjorn Borg, no primeiro confronto que valerá um lugar na decisão. Mais tarde, às 17h, Zverev terá pela frente o austríaco Dominic Thiem, no duelo que definirá o outro finalista. O tenista da Áustria foi o primeiro colocado da chave que foi integrada por Federer.

Para Nadal, o consolo para a eliminação foi o fato de que ele ao menos levantou nesta sexta-feira, logo após superar Tsitsipas, o troféu entregue pela ATP por ter garantido a ponta do ranking mundial até o fim do ano. O posto também era almejado pelo sérvio Novak Djokovic, vice-líder, que abriu esta edição do torneio com chance de ultrapassar o espanhol, mas acabou sendo eliminado por Federer na última quinta-feira.

No fim das contas, Nadal encerrou a sua campanha com o mesmo número de vitórias de Tsitsipas e Zverev, mas ficou atrás no saldo de sets depois de ter sido superado pelo alemão em parciais diretas na estreia e sofrido muito para bater Medvedev por 2 a 1, em um confronto no qual chegou a salvar um match point. Assim, o número 1 do mundo terminou em terceiro lugar neste Grupo Andre Agassi, cujo lanterna foi o russo que ocupa a quarta posição da ATP, com três derrotas em três jogos.

Aos 33 anos, Nadal também fará história ao se tornar o mais velho tenista a terminar um ano como líder do ranking. Entretanto, ele manteve o tabu de nunca conseguir conquistar o título do ATP Finals, embora tenha se qualificado para disputar o importante evento pela 15ª temporada consecutiva.

Já Zverev, que almeja conquistar um bicampeonato nesta edição do torneio na capital inglesa, exibiu uma atuação segura contra Medvedev para avançar às semifinais. Embora só tenha liquidado o segundo set no tie-break, ele confirmou todos os seus saques sem oferecer chances de quebra ao russo e converteu um de dois break points cedidos pelo rival para fechar a partida em apenas 1h18.

DUPLAS

Além das semifinais de simples, o ATP Finals terá neste sábado outros dois duelos que definirão os finalistas do seu torneio de duplas. Em um deles, o brasileiro Marcelo Melo e polonês Lukasz Kubot enfrentarão, às 15 horas (de Brasília), a parceria formada pelos franceses Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.