Geoff Burke/ USA Today Sports
Geoff Burke/ USA Today Sports

Atual vice, Nishikori perde match points e cai na estreia no US Open

Japonês cai para Benoit Paire após mais de 3 horas de partida

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2015 | 16h12

Atual vice-campeão do US Open, Kei Nishikori encerrou sua participação na edição 2015 do Grand Slam norte-americano após 3h14min, nesta segunda-feira. O japonês, que voltava de lesão, foi eliminado logo em sua estreia pelo francês Benoit Paire em um duelo de cinco sets, com direito a dois match points desperdiçados. Paire fechou o jogo pelo placar de 6/4, 3/6, 4/6, 7/6 (8/6) e 6/4.

Mesmo longe de sua melhor forma física, o quarto cabeça de chave do US Open lutou bastante e teve duas chances para fechar o jogo no quarto set. Contudo, oscilou muito nas últimas duas parciais e acabou caindo na rodada de abertura diante do 41º tenista do ranking da ATP.

Apesar de ser o atual vice-campeão, Nishikori era considerado o mais provável candidato a "zebra" nesta primeira rodada porque vem enfrentando problemas físicos nos últimos meses. No Masters 1000 de Montreal, sentiu dores no quadril e acabou levando um "pneu" de Andy Murray na semifinal. Tentando ganhar tempo para se recuperar, acabou desistindo do Masters de Cincinnati, na semana seguinte.

No US Open, ele garantiu que estava recuperado do problema físico. Mas acabou não resistindo à batalha de cinco sets contra Paire. Agora o atual número quatro do mundo deve perder boas posições no ranking por não defender os pontos conquistados com a campanha de finalista em 2014.

Na segunda rodada, Paire vai enfrentar o turco Marsel Ilhan, que contou com a desistência do checo Radek Stepanek para avançar na chave. Stepanek abandonou no quarto set, quando perdia por 6/0, 2/6, 6/4 e 3/2.

O primeiro dia de disputas na chave principal também foi marcado pela vitória do local Mardy Fish. O ex-Top 10 vai se aposentar ao fim da competição. E, com o triunfo sobre o italiano Marco Cecchinato, por 6/7 (5/7), 6/3, 6/1 e 6/3, ele adiou sua despedida das quadras. Na segunda rodada, ele enfrentará o espanhol Feliciano López.

Também nesta segunda estrearam com vitória o francês Jo-Wilfried Tsonga, o búlgaro Grigor Dimitrov e o belga David Goffin. Tsonga bateu o finlandês Jarkko Nieminen por 6/3, 6/1 e 6/1, enquanto Dimitrov passou pelo australiano Matthew Ebden por 6/4, 6/2 e 6/4. Goffin, por sua vez, derrotou o italiano Simone Bolelli por 6/4, 6/1 e 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.