Ausência de russas surpreende Serena na Austrália

A ausência de tenistas russas nas semifinais do Aberto da Austrália surpreendeu Serena Williams. Líder do ranking mundial, a norte-americana venceu a bielo-russa Victoria Azarenka nesta quarta-feira e jogará por um lugar na decisão contra a chinesa Na Li.

AE-AP, Agencia Estado

27 de janeiro de 2010 | 11h00

"Oh meu Deus, não há russas nas semifinais?", questionou uma assustada Serena. "É a primeira vez?", emendou a tenista, sem saber que desde 2004 o primeiro Grand Slam do ano não ficava sem representantes da Rússia na semifinal.

E, com a derrota de Venus Williams para Na Li nesta quarta-feira, pela primeira vez o Aberto da Austrália terá duas tenistas chinesas na semifinal. Este fato, porém, não assustou Serena. "Eu não estou surpresa. Há um grande número de competidores que jogam para a China. Toneladas. Eles são todos muito bons. Especialmente com Jie (Zheng) indo tão bem e Na Li indo tão bem, você tem que esperar que as pessoas na China fiquem animadas e coloquem os seus filhos no tênis", ressaltou a tenista.

Na semifinal do Aberto da Austrália, além do duelo entre Serena e Na Li, a chinesa Jie Zheng tentará alcançar a decisão em um confronto com a belga Justine Henin, ex-líder do ranking mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.