Austrália celebra título de Stosur e fim de jejum

A Austrália ainda celebra a conquista do título do US Open por Samantha Stosur, garantido no último domingo com a vitória sobre a norte-americana Serena Williams por 2 sets a 0. Ela encerrou um jejum de conquistas de título de uma tenista australiana em um Grand Slam que durava desde 1980, quando Evonne Goolagong Cawley foi campeã de Wimbledon. Além disso, se tornou a primeira australiana a ganhar o US Open desde Margaret Court em 1973.

AE-AP, Agência Estado

12 de setembro de 2011 | 10h49

Evonne Goolagong Cawley enviou uma mensagem para Stosur logo após a conquista do título do US Open. "Você finalmente conseguiu o que você merecia", escreveu. A ex-jogadora acompanhou a vitória em Camberra e comemorou o fim do jejum. "Eu não podia estar mais satisfeita, foi uma grande manhã, o melhor na Austrália em anos", disse Goolagong Cawley, que convocou Stosur para defender a Austrália pela primeira vez na Fed Cup há 10 anos.

A primeira-ministra Julia Gillard também felicitou Stosur. "Ela demonstrou grande determinação e habilidade para vencer o US Open e todos os envolvidos com o tênis na Austrália estão celebrando com ela", disse em um comunicado.

Neste ano, Ashleigh Barty foi campeã da chave feminina de juniores de Wimbledon e parou nas semifinais do US Open. Além disso, Luke Saville foi campeão da chave masculina de juniores do Grand Slam britânico. "Esta é uma grande conquista e mostra o futuro do tênis australiano está em alta", afirmou a primeira-ministra australiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.