Austrália vence Suíça nas duplas e fica com vantagem de 2-1

Os tenistas Lleyton Hewitt e Chris Guccione venceram o jogo de duplas e deram à Austrália a liderança por 2-1 contra a Suíça de Roger Federer nas eliminatórias do grupo mundial da Copa Davis no sábado.

REUTERS

17 de setembro de 2011 | 12h17

Com o empate de 1-1 depois das partidas individuais da sexta-feira, Hewitt e Guccione voltaram com força depois de perder o primeiro set, e derrotaram Federer e Stanislas Wawrinka. A dupla suíça, que levou a medalha de ouro na Olimpíada de Pequim, perdeu por 2-6 6-4 6-2 7-6 (7-5).

"Em alguns momentos pensei que estávamos enfrentando Pat Rafter na rede, porque ele estava fazendo voleios muito bons," disse Federer após a partida.

A dupla australiana encontrou seu ritmo a partir do quinto game no segundo set. Federer desafiou uma decisão de que uma bola havia sido dentro, mas o árbitro não reviu o ponto, e a Austrália ganhou um break point que logo foi convertido.

Hewitt, ex-número um do mundo, primeiro elogiou Federer e depois seu parceiro. "Ele estava bom demais para mim ontem (sexta-feira), mas duplas é uma competição diferente," disse. "Tem algo especial na competição em time. Para mim eu deixo toda a paixão aqui."

A Austrália precisa de mais uma vitória nos próximos dois jogos no domingo para voltar à elite da Davis pela primeira vez desde 2007.

O adolescente Bernard Tomic enfrentará Federer, enquanto Hewitt jogará contra Warrinka na partidas individuais reversas no domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
TENISDAVISAUSTRALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.