Peter Schneider/AP
Peter Schneider/AP

Austríaco bate carrasco de Bellucci e fatura o título em Gstaad

Thiem faz 2 sets a 0 em Goffin, apontado como favorito para duelo

Estadão Conteúdo

02 Agosto 2015 | 12h09

Demorou exatamente um ano para o austríaco Dominic Thiem devolver a derrota na final do ATP de Kitzbühel, jogando em casa, para o belga David Goffin. Neste domingo, Thiem levou a melhor sobre o favorito ao vencer a decisão do Torneio de Gstaad, na Suíça, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

Com o triunfo, Thiem faturou seu segundo título em sequência, já que havia levantado o troféu do Torneio de Umag, na Croácia, semana passada. Aos 21 anos, o austríaco, que agora tem três títulos, vai confirmando seu status de promessa do tênis. Atual 24º do mundo, ele deve se aproximar do Top 20 na próxima lista da ATP.

O resultado teve sabor especial para Thiem por poder devolver a dolorosa derrota sofrida para Goffin há um ano. Em Kitzbühel, ele teve a chance de faturar seu primeiro troféu logo diante de sua torcida. Mas foi impedido por Goffin, outro tenista em ascensão no circuito profissional.

Para levantar o troféu, neste domingo, Thiem contou com grande desempenho no fundo de quadra e com a oscilação do rival no saque. Goffin cometeu sete duplas faltas e acertou apenas 53% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Acabou sofrendo seis quebras de saque, o que pavimentou o triunfo do austríaco.

Apesar da irregularidade, o tenista da Bélgica fez duelo equilibrado no primeiro set. Na sequência, porém, ele esteve longe de repetir o bom desempenho contra Thomaz Bellucci na semifinal e sucumbiu diante de Thiem. Agora, o austríaco terá a chance de brilhar novamente em casa, em Kitzbühel, na próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.