Attila Kisbenedek/AFP
Attila Kisbenedek/AFP

Azarão italiano bate compatriota e avança à decisão do Torneio de Budapeste

Marco Cecchinato, que entrou como 'lucky loser' no torneio húngaro, vence Andreas Seppi em três sets

Estadao Conteudo

28 de abril de 2018 | 17h26

O italiano Marco Cecchinato está vivendo uma semana mágica em sua carreira profissional. Derrotado há uma semana na rodada final do qualifying do Torneio de Budapeste, o tenista entrou no torneio como "lucky loser" - beneficiado pelas desistências do alemão Florian Mayer e do sérvio Laslo Djere - e neste sábado conseguiu a classificação à decisão do ATP 250 disputado em quadras de saibro na Hungria. Para isso, derrotou o compatriota Andreas Seppi por 2 sets a 1 - com parciais de 5/7, 6/7 (4-7) e 6/3, em 2 horas e 17 minutos de partida.

+ Pliskova vence e encara Vandeweghe na final em Stuttgart

+ Nadal massacra Goffin, fatua 400ª vitória no saibro e vai à final

+ Confira mais notícias de tênis

Esta foi a quarta vitória seguida de Marco Cecchinato em Budapeste. Aos 25 anos, o tenista italiano disputará a primeira final de sua carreira. Atual 92.º do ranking da ATP, tem como recorde pessoal o 82.º lugar alcançado em 2015.

Seu adversário na decisão virá da partida entre o australiano John Millman e o esloveno Aljaz Bedene, que foi suspensa neste sábado por falta de luz natural. Bedene venceu o primeiro set por 6/2 e Millman levou a melhor na parcial seguinte por 7/6 (7-3). Os dois disputarão o terceiro na manhã deste domingo e o vencedor terá cerca de duas horas antes de jogar a final contra Marco Cecchinato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.