Darron Cummings/AP - 4/9/2013
Darron Cummings/AP - 4/9/2013

Azarenka bate Hantuchova e avança à semifinal do US Open

Com vitória por 2 sets a 0, bielorrussa dá um importante passo ao título nos EUA

AE, Agência Estado

04 de setembro de 2013 | 22h25

NOVA YORK - A bielorrussa Victoria Azarenka deu nesta quarta-feira mais um importante passo na sua luta para conquistar pela primeira vez na carreira o título do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada. Mostrando enorme superioridade, a atual número 2 do ranking mundial da WTA derrotou a eslovaca Daniela Hantuchova por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 6/3, em 1 hora e 16 minutos - para avançar às semifinais da competição disputada em quadras rápidas na cidade de Nova York.

Pela primeira vez na fase de quartas de final de um US Open desde 2002, Hantuchova, ex-top 10 e atualmente na 48.ª colocação do ranking mundial, tentou de tudo para parar Azarenka, mas não teve forças. Até conseguiu quebrar o saque da bielorrussa em três oportunidades - uma no primeiro set e duas no segundo -, só que a rival foi mais eficiente para devolvê-las e conseguir outras quebras para vencer.

Na semifinal, nesta sexta, Azarenka terá pela frente a italiana Flavia Pennetta, que está surpreendendo neste US Open. Ex-integrante do top 20 do ranking da WTA há algumas temporadas, hoje apenas em 83.º lugar, a tenista da Itália passou pelas compatriotas Sara Errani (cabeça de chave número 4), nas oitavas, e Roberta Vinci (13.ª do mundo), nesta quinta, nas quartas, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.

Mas a expectativa de Azarenka é mesmo disputar a final contra a norte-americana Serena Williams, que fará a outra semifinal contra a chinesa Na Li. Nesta temporada, a bielorrussa bateu a atual líder do ranking mundial em duas oportunidades - uma delas na decisão do Torneio de Cincinnati, nos Estados Unidos, no mês passado - e quer se vingar da derrota em três sets na disputa pelo título do US Open no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.