Manu Fernandez /AP
Manu Fernandez /AP

Badosa cai para Halep; Azarenka supera Zidansek e avança às oitavas de Madri

Segunda colocada do ranking da WTA acaba eliminada após perder por 2 sets a 0

Redação, Estadão Conteúdo

30 de abril de 2022 | 16h56

Segunda colocada do ranking da WTA, Paula Badosa foi surpreendida por Simona Halep (21ª) e acabou sendo eliminada do WTA 1000 de Madri neste sábado. A espanhola perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Já Victoria Azarenka (17ª), duas vezes finalista do torneio, avançou às oitavas ao bater Tamara Zidansek (24ª), por 3/6, 6/1 e 6/3.

Em 1 hora e 16 minutos de jogo, Badosa não conseguiu evitar o revés para a ex-número 1 e bicampeã da WTA de Madri (2016 e 2017). Halep, agora, aguarda a vencedora da partida entre Coco Gauff e Yulia Putintseva para conhecer a sua adversária nas oitavas de final.

Halep mostrou um jogo agressivo, aprimorado pelo novo treinador Patrick Mouratoglou, e não deu a menor chance para a adversária. Apesar de ter feito apenas dois pontos por ace, contou com erros seguidos da espanhola para fechar o primeiro set por 6/3.

O segundo set foi ainda mais tranquilo para Halep, que dominou o duelo e não teve em nenhum momento a vitória ameaçada. Acabou selando sua classificação com facilidade.

AZARENKA NAS OITAVAS

Diferentemente de Paula Badosa, Victoria Azarenka foi a primeira tenista a carimbar a vaga nas oitavas de final. Ela superou Tamara Zidansek, com 2h20 de partida. A sua próxima adversária é a norte-americana Amanda Anisimova, que bateu a croata Petra Martic por 2 sets a 1.

O jogo, no entanto, foi equilibrado. Zidansek teve mais winners, 28 a 22, e cometeu 38 erros, contra 40 de Azarenka, mas viu a rival conseguir seis quebras e carimbar a classificação. No primeiro set, a eslovena chegou a abrir 4 a 0 de vantagem e segurou a vantagem para vencer por 3/6.

No entanto, não teve a mesma exibição nos sets seguintes, foi dominada por Azarenka, que chegou a fazer 16 pontos seguidos. No terceiro set, a tenista bielorrussa conseguiu mais três quebras para selar sua vitória.

"Sinto que ela começou muito, muito bem. Quanto mais a partida durava, melhor eu jogava e mais confortável eu me sentia. Acho que minha atitude foi muito boa hoje para tentar encontrar soluções e fazer minhas jogadas , assuma o controle com minhas próprias mãos. Não tenho muitas lutas no currículo, então esse tipo de coisa é muito importante", falou Azarenka.

Ainda neste sábado, Maria Bouzkova venceu a ucraniana Dayana Yastremska por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7-3) e 6/1. Já Ekaterina Alexandrova bateu Nuria Parrizas Diaz por 6/4 e 7/5. Por fim, a suíça Belinda Bencic bateu a tcheca Muchova por 2 a 1 (3/6, 6/4 e 5/7), enquanto a tunisiana Ons Jabeur passou por Varvara Gracheva por 2 a 1 (7/5, 0/6 e 6/4).

ATP DE MUNIQUE

O brasileiro Rafael Matos e o espanhol David Hernández conheceram neste domingo seus rivais na decisão de duplas do ATP de Munique. Serão os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, cabeças de chave 3, que eliminaram o britânico Lloyd Glasspool e o finlandês Harri Heliövaara por 7/5 e 6/3. A decisão de simples terá Botic van de Zandschulp e Holger Rune.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.