Baghdatis bate algoz de Bellucci e é campeão na Suécia

Marcos Baghdatis voltou a sentir neste domingo o gosto de conquistar um título de nível ATP. Sem vencer uma competição deste porte desde fevereiro de 2007, o tenista do Chipre superou o algoz do brasileiro Thomaz Bellucci para triunfar no Torneio de Estocolmo, na Suécia. Na decisão, ele bateu o belga Olivier Rochus por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5.

AE, Agencia Estado

25 de outubro de 2009 | 16h04

Rochus havia eliminado o número 1 do Brasil nas semifinais, enquanto Baghdatis avançou graças à desistência do sueco Robin Soderling, principal favorito do torneio e único cabeça de chave que havia avançando além das oitavas de final. A final enfraquecida de Estocolmo então reuniu o cipriota, atual número 66 no ranking mundial, e o belga, apenas o 87.º colocado da ATP.

Após ter que retornar ao circuito dos torneios challengers para melhorar seu ranking, Baghdatis chegou à Suécia embalado pelo título em Tashkent, no Usbequistão, sua terceira conquista deste nível no ano. O cipriota, que já foi o número 8 do mundo, sofreu no ano passado com uma grave lesão no pulso. Em comum, os dois finalistas buscavam o terceiro título da ATP.

Na final, porém, Baghdatis foi amplamente superior no início. Com um primeiro saque forte, ele conseguiu duas quebras e fechou a parcial, sem sequer ter seu serviço ameaçado. Na segunda parcial, Rochus equilibrou o jogo, mas ambos os tenistas erravam muito. Assim, Baghdatis aproveitou para conquistar sua terceira quebra no set e confirmar o título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.