Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Peter Schneider/AP Photo - 21/7/2012
Peter Schneider/AP Photo - 21/7/2012

Baghdatis desiste, e Thomaz Bellucci avança em Winston-Salem

Brasileiro aproveita que o adversário sentiu dores na costa e avança em torneio nos EUA

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2012 | 15h26

Thomaz Bellucci estreou com vitória no Torneio de Winston-Salem, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira. O brasileiro venceu o primeiro set por 7/5 e contou com o abandono do cipriota Marcos Baghdatis, na segunda parcial, para se garantir na segunda rodada.

Bellucci chegou a abrir 3/1 no segundo set antes de Baghdatis acusar dores nas costas para desistir da partida. O tenista do Chipre chegou a receber atendimento em quadra no fim do set inicial.

Apesar de ter contado com a desistência do rival, o brasileiro foi superior em quadra. Mostrou consistência no fundo de quadra e faturou duas quebras de saque, uma em cada set. A segunda levou Baghdatis a desistir da partida.

Depois de passar pelo ex-Top 10, o brasileiro terá um adversário ainda mais complicado na segunda rodada. Ele enfrentará o francês Jo-Wilfried Tsonga, atual número seis do mundo e principal favorito ao título.

Tsonga, que estreará direto na segunda rodada, vai disputar o ATP 250 de Winston-Salem como principal preparação para o US Open, que terá início no dia 27. O francês foi eliminado logo na estreia no Masters 1000 de Toronto e desistiu do Masters de Cincinnati, na semana passada, após machucar o joelho em um choque com um hidrante de incêndio.

Tsonga e Bellucci se enfrentaram apenas uma vez no circuito profissional. Foi justamente na rodada de abertura do torneio olímpico de tênis, em Londres, no fim de julho. O brasileiro chegou a vencer o primeiro set, mas não resistiu à pressão do rival e foi derrotado nas duas parciais seguintes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.