Baghdatis vence em Estocolmo e conquista 3o. título da temporada

Ex-número oito do mundo, Marcos Baghdatis conquistou o terceiro título da ATP de sua carreira neste domingo ao derrotar o belga Olivier Rochus em parciais de 6-1 e 7-5 na final do Aberto de Estocolmo.

OLIVER GRASSMAN, REUTERS

25 de outubro de 2009 | 16h36

O cipriota, que caiu para 66 do ranking, foi superior a Rochus no primeiro set e sobreviveu à recuperação do adversário no segundo.

O talentoso Baghdatis, que não se mostrou à altura das expectativas após chegar à final do Aberto da Austrália em 2006, caiu de joelhos e comemorou. Claramente comovido, ele beijou o piso do Royal Tennis Hall de Estocolmo.

"É um sentimento maravilhoso, estou muito feliz", disse Baghdatis em entrevista na quadra. "Faz tempo que não venço um torneio, especialmente da ATP".

As duas vitórias anteriores de Baghdatis aconteceram em Pequim em 2006 e no Zagreb em 2007.

"O ano passado foi muito duro para mim, por isso é ótimo conseguir essa vitória hoje. Não sei bem o que dizer agora, só que estou feliz. Espero que dure".

Indagado sobre o futuro, Baghdatis, de 24 anos, disse: "Não quero ter nenhum limite, e nem quero estabelecer metas. Só quero ser mais consistente do que nunca".

Rochus não demonstrou sua costumeira energia na partida, na sequência de várias partidas de três sets durante o torneio, ao contrário de Baghdatis, que não perdeu nenhum set na competição e se beneficiou da desistência de Robin Soderling devido a uma contusão na semi-final de sábado.

"Acho que fui consistente no segundo set, e cheguei perto do terceiro. Mas meu serviço não me ajudou hoje, como quando eu estava sacando em 4-2", disse Rochus, que sofreu sua segunda derrota em igual número de confrontos com Baghdatis.

Tudo o que sabemos sobre:
TENISBAGHDATISESTOCOLMO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.