Becker e Sluiter fazem final surpreendente na Holanda

A final do ATP de Hertogenbosch, na Holanda, será uma das mais surpreendentes dos últimos anos no circuito mundial de tênis. De um lado, estará o alemão Benjamin Becker, que saiu do qualifying e derrotou dois cabeças-de-chave; do outro, o holandês Raemon Sluiter, que entrou na disputa a convite da organização.

AE, Agencia Estado

19 de junho de 2009 | 16h30

Na semifinal, Becker derrubou o compatriota Rainer Schuettler, quarto favorito, por 2 sets a 1 com parciais de 3/6, 7/5 e 6/1, após 1h43min de disputa. Aos 28 anos, ele chega à sua primeira decisão em um torneio de primeira linha.

Sluiter, por sua vez, tem história ainda mais curiosa. Aos 31 anos, ele chegou a anunciar a aposentadoria após o ATP de Roterdã, no ano passado. Em abril, voltou a jogar torneios Future - os menos graduados entre profissionais. Agora, em casa, tem a chance de conquistar seu primeiro título de primeira linha, justamente em casa.

Na semifinais, o veterano Sluiter superou o espanhol Ivan Navarro por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/2 e 6/3, após 2h08min de disputa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.