Bellucci atribui jogo difícil à falta de 'agressividade'

Thomaz Bellucci esteve perto nesta terça-feira de ser eliminado mais uma vez em uma estreia. O brasileiro mostrou irregularidade no set inicial, diante do desconhecido espanhol Pablo Carreno-Busta, mas mostrou poder de reação e virou o placar, vencendo por 6/7 (5/7), 6/3 e 7/5, no Torneio de Barcelona.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2013 | 20h49

Ao fim da partida, o número 1 do País atribuiu a oscilação à falta de agressividade, principalmente no set inicial. "Perdi um pouco a agressividade e ele conseguiu igualar o jogo", comentou o brasileiro.

Bellucci também apontou a dificuldade em quadra à lentidão do saibro espanhol. "O jogo ficou parelho depois do primeiro set. Ele se defendeu muito bem e tive dificuldade para ganhar os pontos. Por já ser noite, o jogo estava mais lento que o habitual", analisou o brasileiro, que estreou direto na segunda rodada.

Nas oitavas de final, ele deverá ter mais trabalho em quadra. Bellucci poderá cruzar com o espanhol David Ferrer, atual número quatro do mundo e um dos favoritos ao título. O tenista local fará sua estreia nesta quarta, contra o russo Dmitry Tursunov. Se confirmar o favoritismo, deve enfrentar o brasileiro na quinta.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de BarcelonaBellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.