Bellucci cai diante de azarão logo na estreia em Roma

Depois de festejar a semana que pode ser considerada a melhor da sua carreira, na qual despachou dois favoritos que fazem parte do top 10 e vendeu caro uma derrota a Novak Djokovic na semifinal em Madri, o brasileiro Thomaz Bellucci voltou a lamentar, nesta terça-feira, uma derrota diante de um rival inexpressivo no circuito profissional da ATP. Ele caiu diante do italiano Paolo Lorenzi por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3, e foi eliminado logo na estreia do Masters 1.000 de Roma.

AE, Agência Estado

10 de maio de 2011 | 14h24

A derrota foi emblemática também pelo fato de que contrastou com a ascensão de Bellucci no ranking da ATP, na qual ele saltou 14 posições na última segunda-feira e assumiu o posto de 22.º tenista do mundo. Nesta terça, ele foi superado por um rival que ocupa a 148.ª colocação no geral naquele que foi o primeiro confronto entre os dois.

Para completar, Bellucci ainda perdeu a chance de desafiar Rafael Nadal, líder do ranking mundial e atual rei do saibro, na segunda rodada em Roma. Cabeça de chave número 1 da competição, o espanhol estreará então diante do azarão Lorenzi, enquanto o brasileiro agora mira como seu próximo desafio o Grand Slam de Roland Garros, que começa no próximo dia 22, na França.

Nesta terça, Bellucci cometeu vários erros no fundo de quadra em um jogo no qual se irritou até com o comportamento dos torcedores locais que apoiavam Lorenzi. Insatisfeito com o barulho e a movimentação dos mesmos nas arquibancadas, o brasileiro chegou a reclamar com a juiz de cadeira durante o segundo set.

O fato, porém, é que Bellucci só conseguiu aproveitar duas das cinco chances que teve de quebrar o saque adversário e ainda cedeu nove oportunidades de quebra ao rival, que foi feliz em três delas para triunfar no confronto. O brasileiro não esteve tão mal no saque, pois ganhou 65% dos pontos que disputou quando utilizou o primeiro serviço, mas mostrou instabilidade na hora de trocar golpes com o rival em momentos decisivos.

No primeiro set, por exemplo, sucumbiu no tie-break depois de ter conseguido quebrar o saque de Lorenzi quando o italiano servia para fechar a primeira parcial em 6/4. Já no segundo set, Bellucci teve o saque quebrado logo de cara e viu o rival abrir 3 a 0 em seguida. Para completar, o tenista da casa obteve nova quebra no sexto game e fez 5 a 1. O brasileiro ainda esboçou uma reação ao quebrar o serviço do italiano e depois diminuir a vantagem para 5/3. Porém, novamente com o saque na mão, Lorenzi decretou a vitória por 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.