Bellucci cai diante de espanhol na estreia do US Open

Pablo Andujar fez 3 sets a 1 e pela primeira vez na história derrotou o tenista brasileiro

O Estado de S. Paulo

28 de agosto de 2012 | 16h37

NOVA YORK - O brasileiro Thomaz Bellucci decepcionou, nesta terça-feira, ao ser derrotado pelo espanhol Pablo Andujar já no seu jogo de estreia do US Open. O tenista número 1 do País e atual 40 do mundo caiu por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 3/6, 7/6 (7/1) e 7/5.

Embora Andujar hoje esteja melhor ranqueado que o brasileiro - figura em 37.º da ATP -, Bellucci havia vencido os outros três confrontos travados com o espanhol, em 2008, 2010 e no ano passado, e esperava ir mais longe em Nova York.

Com a vitória sobre o brasileiro, Andujar enfrentará na segunda rodada o espanhol Feliciano Lopez, que na estreia passou pelo holandês Robin Haase por 3 sets a 0, com 6/3, 7/5 e 6/2.

Bellucci travou um duelo muito equilibrado com Andujar nesta terça, que durou 3 horas e 58 minutos, sendo que o brasileiro acabou fracassando principalmente por ter sucumbido em dois tie-breaks, no primeiro e no terceiro set.

O brasileiro chegou a contabilizar 16 aces, contra apenas dois do espanhol, e aproveitou três de sete chances de quebrar o saque do rival, que converteu três de nove break points. O brasileiro ainda levou ampla vantagem no fundo de quadra, pois contabilizou 16 winners, contra somente dois do adversário, mas os números favoráveis não foram suficientes para salvá-lo da eliminação.

Desta forma, Bellucci encerrou de forma negativa, nesta terça, a sua participação em torneios de Grand Slam nesta temporada, pois apenas no Aberto da Austrália, em janeiro, ele conseguiu passar pela primeira rodada. Na ocasião, derrotou o israelense Dudi Sela. Já em Roland Garros, o tenista caiu na estreia diante do sérvio Viktor Troicki, antes de ser superado pelo espanhol Rafael Nadal logo de cara em Wimbledon, neste caso em um resultado já esperado.

TSONGA, BERDYCH E RODDICK AVANÇAM - O segundo dia de confrontos do torneio de simples masculino do US Open já contou com o avanço do francês Jo-Wilfried Tsonga, do checo Tomas Berdych e do norte-americano Andy Roddick à segunda rodada.

Atual sexto colocado do ranking mundial e quinto cabeça de chave em Nova York, Tsonga estreou nesta edição do Grand Slam norte-americano superando o eslovaco Karol Beck por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 7/6 (7/2). Com isso, o francês terá pela frente na segunda rodada o eslovaco Martin Klizan, que iniciou sua campanha na chave principal batendo o colombiano Alejandro Falla por 6/4, 6/1 e 6/2.

Berdych, sexto cabeça de chave, confirmou o seu favoritismo na estreia ao bater o belga David Goffin por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/3 e 6/3. Com isso, o checo se credenciou para enfrentar na próxima fase o estoniano Jurgen Zopp, que na estreia derrotou o usbeque Denis Istomin por 3 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/3, 6/3 e 7/5.

Já Roddick, ex-número 1 do mundo e ídolo local, estreou na competição superando o seu compatriota Rhyne Williams por 6/3, 6/4 e 6/4. Desta forma, enfrentará na segunda rodada o ganhador duelo entre o argentino Carlos Berlocq e o australiano Bernard Tomic.

Outro cabeça de chave que garantiu vaga na segunda rodada nesta terça foi o espanhol Nicolas Almagro. Listado como 11.º pré-classificado, ele passou pelo checo Radek Stepanek por 3 sets a 1, com 6/4, 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4.

O canadense Milos Raonic, por sua vez, sofreu para confirmar a condição de 15.º cabeça de chave na estreia ao precisar jogar cinco sets na vitória sobre o colombiano Santiago Giraldo, por 3 a 2, com 6/3, 4/6, 3/6, 6/4 e 6/4.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.