Alejandro Garcia/EFE
Alejandro Garcia/EFE

Bellucci cai para 113º e tem pior ranking em 4 anos

Tenista brasileiro perde 43 posições e sai do Top 100 do ranking da ATP

AE, Agência Estado

22 de julho de 2013 | 09h57

O brasileiro Thomaz Bellucci deixou o Top 100 do ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira, como previsto na semana passada, após a sua eliminação na primeira rodada do Torneio de Hamburgo. Assim, perdeu 43 posições na lista e ocupa o 113º lugar, com 495 pontos.

Bellucci está na sua pior posição no ranking nos últimos quatro anos. A última vez em que ele ocupou uma colocação tão ruim foi no dia 27 de julho de 2009, quando estava em 117º lugar, exatamente antes de conquistar o primeiro título da sua carreira, o Torneio de Gstaad, que ele voltará a jogar nesta semana.

Nesta atualização, o brasileiro descartou os 250 pontos do título de 2012 em Gstaad, disputado no ano passado uma semana antes por causa dos Jogos Olímpicos de Londres, e somou apenas 10 pontos, que não tinham sido contabilizados anteriormente.

O ranking da ATP não teve alterações nas 10 primeiras colocações nesta segunda e continua sendo liderado pelo sérvio Novak Djokovic, com 12.310 pontos e quase 3 mil de vantagem para o britânico Andy Murray, que soma 9.360, seguido pelos espanhóis David Ferrer e Rafael Nadal.

O suíço Roger Federer continua na quinta posição, com 5.875 pontos, após somar 180 por ter sido semifinalista do Torneio de Hamburgo, mas descartou 90 das quartas de final do Torneio de Roterdã. O checo Tomas Berdych permanece na sexta colocação, seguido pelo argentino Juan Martin del Potro, pelos franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet e também pelo suíço Stanilas Wawrinka, que completam o Top 10 da lista.

Mesmo sem entrar em quadra na semana passada, o japonês Kei Nishikori subiu para o 11º lugar no ranking da ATP. Já o italiano Fabio Fognini, campeão do Torneio de Hamburgo, subiu seis posições e passou a figurar pela primeira vez no Top 20, na 19ª colocação.

Já o argentino Federico Delbonis, finalista em Hamburgo ao vencer Federer nas semifinais, ganhou 49 posições e agora está em 65º lugar, a melhor posição da sua carreira. O croata Ivo Karlovic, campeão do Torneio de Bogotá, subiu 68 posições e atingiu o 87º lugar, quatro posições atrás do colombiano Alejandro Falla, que foi vice em casa e ascendeu 39 postos.

DUPLAS

No ranking de duplas da temporada, que definirá as oito parcerias classificadas para o ATP Finals, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya permanecem na segunda colocação após o vice-campeonato no Torneio de Hamburgo. Já no ranking individual de duplistas, Soares continua na oitava colocação.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1.º Novak Djokovic (SER), 12.310 pontos

2.º Andy Murray (GBR), 9.360

3.º David Ferrer (ESP), 7.120

4.º Rafael Nadal (ESP), 6.860

5.º Roger Federer (SUI), 5.875

6.º Tomas Berdych (RCH), 4.865

7.º Juan Martín del Potro (ARG), 4.500

8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.480

9.º Richard Gasquet (FRA), 3.045

10.º Stanislas Wawrinka (SUI), 2.915

11.º Kei Nishikori (JAP), 2.495

12.º Tommy Haas (ALE), 2.395

13.º Milos Raonic (CAN), 2.225

14.º Nicolas Almagro (ESP), 2.135

15.º Marin Cilic (CRO), 2.075

16.º Gilles Simon (FRA), 2.055

17.º Jerzy Janowicz (POL), 2.029

18.º Janko Tipsarevic (SER), 2.025

19.º Fabio Fogninii (ITA), 1.970

20.º Sam Querrey (EUA), 1.730

113.º Thomaz Bellucci (BRA), 495

119.º Rogério Dutra Silva (BRA), 477

122.º João Souza (BRA), 466

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.