Bellucci conhece rivais do ATP Challenger Tour Finals

Thomaz Bellucci já sabe quem serão os seus três primeiros adversários no ATP Challenger Tour Finals. Sorteio realizado no último domingo definiu que o tenista número 1 do Brasil terá pela frente o espanhol Ruben Ramirez-Hidalgo, o romeno Adrian Ungur e o argentino Guido Pella no Grupo Verde da competição, que terá como palco o Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e começará nesta terça-feira.

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2012 | 09h24

A ordem das partidas, porém, só será definida nesta segunda, quando Bellucci conhecerá o rival que terá pela frente em sua estreia. Atual 33.º tenista do mundo e dono do melhor ranking entre os participantes deste ATP Challenger Tour Finals, que vive a sua segunda edição, o brasileiro será o cabeça de chave do Grupo Verde.

Já quem ostentará essa condição no Grupo Amarelo será o italiano Paolo Lorenzi, hoje 63.º colocado da ATP, que terá pela frente nesta primeira fase da competição o romeno Victor Hanescu, o esloveno Aljaz Bedene e o português Gastão Elias.

Entre os seus adversários nesta primeira fase, Bellucci só enfrentou até hoje Ramirez-Hidalgo, atual 96.º colocado da ATP, sendo que foi derrotado pelo espanhol no primeiro duelo, por 2 sets a 0, no Challenger de Montevidéu de 2007, e no ano seguinte levou a melhor a ganhar também por 2 a 0, em Santiago, no Chile.

A estreia de Bellucci, contra rival a ser definido, será às 21 horas desta terça-feira. Outros dois adversários do brasileiro do Grupo Verde do ATP Challenger Tour Finals, o romeno Adrian Ungur e o argentino Guido Pella ocupam hoje as respectivas 112.ª e 124.ª colocações do ranking mundial.

Pelo regulamento da competição, cada vitória na fase de classificação valerá 15 pontos no ranking da ATP, enquanto triunfos nas semifinais darão 30 pontos e o campeão irá faturar 50. O torneio distribuirá um total de US$ 220 mil em prêmios, sendo que os ingressos para o evento estão sendo vendidos a preços populares: R$ 10 e ainda com direito a meia-entrada de R$ 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.