David Vincent/AP
David Vincent/AP

Bellucci dá azar e terá de encarar Nadal na estreia em Wimbledon

Consolo para brasileiro é que espanhol não vive grande fase

Estadão Conteúdo

26 de junho de 2015 | 10h05

O sorteio da chave masculina de Wimbledon foi realizado nesta sexta-feira e reservou um desafio muito duro para Thomaz Bellucci já em sua estreia no Grand Slam que começa na próxima segunda. O tenista número 1 do Brasil e atual 41º do mundo terá de estrear contra o espanhol Rafael Nadal, duas vezes campeão na grama de Londres e hoje 10º colocado do ranking da ATP.

Essa será a quinta vez que Bellucci encara Nadal, sendo que em 2012 os dois também mediram forças na estreia de Wimbledon. Naquela ocasião, o brasileiro até iniciou bem ao abrir 4/0 logo de cara, mas depois não conseguiu manter o bom nível de jogo e acabou superado por 3 sets a 0. Já outros dois confrontos entre eles ocorreram em Roland Garros, em 2008 e 2010, e o espanhol também ganhou em sets diretos, assim como aconteceu no último embate entre os dois, no Rio Open deste ano.

Para Bellucci, o único consolo é o de que Nadal enfrenta má fase e vem em queda no circuito profissional. Mesmo assim, o brasileiro não deixará de jogar como grande azarão novamente. E quem levar a melhor nesta partida terá pela frente na segunda rodada o vencedor do confronto entre o taiwanês Yen-Hsun Lu e o alemão Dustin Brown, que já surpreendeu Nadal uma vez em quadra de grama, no Torneio de Halle do ano passado.

Nadal, por sua vez, tem uma chave complicada em Londres. O primeiro cabeça de chave em seu provável caminho é o sérvio Viktor Troicki, 22º cabeça de chave, possível rival na terceira rodada. Já nas oitavas ele pode encarar o seu compatriota David Ferrer, oitavo pré-classificado, que estreia contra o britânico James Ward.

Nas quartas de final, por sua vez, o britânico Andy Murray aparece como principal candidato a adversário do espanhol em um possível confronto. Terceiro cabeça de chave e campeão de Wimbledon em 2013, o tenista escocês irá estrear contra o casaque Mikhail Kukushkin e já vislumbra um provável duelo com o francês Jo-Wilfried Tsonga ou contra o croata Ivo Karlovic nas oitavas de final.

DJOKOVIC

Líder do ranking mundial e atual campeão de Wimbledon, Novak Djokovic iniciará a defesa do seu título em um duelo diante do veterano alemão Philipp Kohlschreiber, 33º tenista da ATP, que já conseguiu vencer o sérvio uma vez, em 2009, mas que foi superado em outras seis ocasiões pelo adversário.

E o segundo adversário de Djokovic sairá da partida entre o também experiente australiano Lleyton Hewitt, que faz sua despedida de Wimbledon, e o finlandês Jarkko Nieminen. Já o australiano Bernard Tomic, 27º cabeça de chave, aparece como provável rival do número 1 do mundo na terceira rodada, enquanto o sul-africano Kevin Anderson e o argentino Leonardo Mayer, respectivos 14º e 24º pré-classificados, são possíveis oponentes do sérvio nas oitavas de final.

A primeira grande pedreira, porém, deverá vir nas quartas de final para Djokovic. Nesta fase ele pode ter pela frente o japonês Kei Nishikori, quinto cabeça de chave, ou até mesmo o croata Marin Cilic, nono na lista de favoritos. Especialista no saque, o que conta muito em quadras de grama, o norte-americano John Isner é outro possível adversário do líder do ranking nas quartas.

WAWRINKA

Do mesmo lado da chave de Djokovic está Stan Wawrinka, quarto cabeça de chave, que foi campeão de Roland Garros neste mês superando o sérvio na final em Paris. O suíço, que estreia contra o português João Sousa, poderia reencontrar o número 1 do mundo nas semifinais em Londres. Antes disso, o jogador que hoje vem consagrando seu excepcional golpe de esquerda vislumbra um possível confronto com Milos Raonic, sétimo cabeça de chave, nas quartas de final. O canadense fará a sua estreia no All England Club contra o espanhol Daniel Gimeno-Traver.

FEIJÃO

Pela primeira vez disputando a chave principal de Wimbledon, João Souza, o Feijão, irá estrear contra o colombiano Santiago Giraldo, hoje o 60º colocado da ATP. Atual 79º tenista do mundo, o brasileiro pegará Nishikori ou o italiano Simone Bolelli na segunda rodada se conseguir passar pelo adversário sul-americano na primeira fase.

FEDERER

Sete vezes vencedor de Wimbledon e atual vice-campeão do mais tradicional torneio de tênis do mundo, Roger Federer irá estrear contra o bósnio Damir Dzumhur e vislumbra como primeiro rival um pouco mais perigoso o espanhol Feliciano López nas oitavas de final. Já um provável adversário nas quartas de final é o checo Tomas Berdych, que fará a sua estreia diante do francês Jeremy Chardy.

Franco favorito em mais uma estreia no torneio onde fez história, Federer, atual vice-líder do ranking, irá reencontrar Dzumhur depois de ter arrasado o adversário recentemente na terceira rodada de Roland Garros. Já o seu adversário na segunda fase de Wimbledon será o ganhador da partida entre o norte-americano Sam Querrey e o holandês Igor Sijsling.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.