Divulgação
Divulgação

Bellucci desperdiça chances, mas vence e avança em torneio

Brasileiro vai às quartas após vitória por 2 sets a 1 sobre checo

Estadão Conteúdo

26 de agosto de 2015 | 20h21

O brasileiro Thomaz Bellucci deu um verdadeiro susto em sua torcida nesta quarta-feira, abusou das chances de fechar o jogo diante do checo Jiri Vesely, mas se recuperou e conseguiu fechar em 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (7/9) e 6/4. Com isso, garantiu vaga nas quartas de final do Torneio de Winston-Salem, nos Estados Unidos.

Depois de um ótimo início de jogo, Bellucci caiu um pouco no segundo set, mas ainda assim teve cinco oportunidades de fechar. Perdeu todas elas e viu Vesely reagir e forçar a parcial de desempate.

Mais uma vez, então, o brasileiro largou melhor, chegou a abrir vantagem, mas permitiu que Vesely se recuperasse novamente e tivesse a chance de sacar para deixar tudo igual. Quando parecia que o tie-break seria inevitável, Bellucci soube atacar o serviço do adversário e conseguiu a quebra necessária para vencer.

Agora, o brasileiro terá pela frente o algoz de João Souza, o "Feijão", na primeira rodada. Trata-se do tunisiano Malek Jaziri, número 88 do mundo, que passou pelo russo Teymuraz Gabashvili por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Ainda nesta quarta-feira, o cabeça de chave número 2, Kevin Anderson, confirmou o favoritismo e avançou às quartas de final do torneio. O sul-africano passou pelo polonês Jerzy Janowicz por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4, e agora terá pela frente o jovem croata Borna Coric, de 18 anos, que atropelou o argentino Diego Schwartzman em dois sets: 6/2 e 6/1.

Em confronto asiático, o taiwanês Yen-Hsun Lu bateu o sul-coreano Hyeon Chung por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/1), 1/6 e 7/5.

DUPLAS

Na chave de duplas, o Brasil somou uma vitória e uma derrota nesta quarta. André Sá e o australiano Artem Sitak passaram pelo filipino Treat Huey e o espanhol David Marrero, mas Marcelo Demoliner e o espanhol Pablo Andujar caíram diante dos norte-americanos Eric Butorac e Scott Lipsky.

Demoliner e Andujar foram facilmente batidos em dois sets, com duplo 6/3. Já Sá e Sitak tiveram dificuldade, mas venceram por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 6/7 (8/10) e 10/6, e agora terão pela frente os australianos Sam Grooth e Chris Guccione, que eliminaram o alemão Andre Begemann e o finlandês Henri Kontinen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.