Bellucci diz que tranquilidade foi decisiva para vitória

Depois da vitória na estreia da etapa de São Paulo da Copa Petrobras, nesta quarta-feira, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci explicou que teve tranquilidade nos momentos decisivos e que isso foi fundamental para que derrotasse o também brasileiro João Souza. "Sabia que não ia ser fácil, mas ele acabou se precipitando em alguns pontos no terceiro set e achei o caminho. O importante para mim era ganhar", disse o número 1 do Brasil.

AE, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 19h47

João Souza chegou a vencer o primeiro set por 6/4, mas Bellucci virou e fechou as parciais seguintes em 6/3 e 6/2. Depois da vitória, ele explicou que teve dificuldades para se adaptar ao piso de saibro em que acontece o torneio - na semana passada, ele jogou em quadra rápida na Suécia. "Vim de um piso rapidíssimo, com uma bola grande e ao nível do mar para um torneio no saibro, tempo úmido, bola pequena e na altitude. Então muda muita coisa", afirmou o tenista.

Na próxima rodada do torneio, Bellucci jogará nesta quinta-feira contra o mexicano Santiago González, que eliminou o também brasileiro Caio Zampieri. E a aposta dele é de outro jogo complicado. "O González é um cara que saca bem, tem boa esquerda. Tenho que me manter tranquilo, pensando jogo a jogo para continuar avançando", comentou Bellucci, que ocupa o 43º lugar do ranking mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.