Divulgação
Divulgação

Bellucci e Demoliner perdem e Brasil cai fora nas duplas masculinas

Veteranos Haas e Stepanek derrotam brasileiros por 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2015 | 17h25

O Brasil já não tem mais nenhum representante na chave de duplas masculinas do US Open. Mesmo com alguns dos melhores duplistas do planeta, o País caiu precocemente em Nova York. A última esperança era Thomaz Bellucci/Marcelo Demoliner, mas os tenistas perderam para os veteranos Tommy Haas e Radek Stepanek por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 7/6 (7/3).

Depois da queda das duplas de Marcelo Melo, Bruno Soares - ambos cabeças de chave - e André Sá, Bellucci e Demoliner tiveram o mesmo destino. Melhor para Haas, de 37 anos, e Stepanek, de 36, que agora terão pela frente quem passar do duelo de Aliaksandr Bury e Denis Istomin contra Dominic Inglot e Robert Lindstedt.

Bellucci e Demoliner fizeram jogo duro nesta sexta, se recuperaram no segundo set depois de terem sido batidos no primeiro, mas acabaram caindo. Na parcial de desempate, os brasileiros chegaram a salvar match-points dos adversários, mas não resistiram ao tie-break.

Com isso, o Brasil tem apenas dois representantes no US Open. Na chave masculina, Thomaz Bellucci duela com Andy Murray pela terceira rodada. Já nas duplas mistas, Bruno Soares e Mirza estreiam ainda nesta sexta-feira contra Andrea Hlavackova e Lukasz Kubot.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.