Bellucci mostra confiança contra 'franco-atirador' russo

A estreia do Brasil diante da Rússia na repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis está nas mãos de Rogério Dutra Silva, número 115 do ranking da ATP. O paulista quer mostrar força no duelo com Igor Andreev, 96.º colocado do mundo, nesta sexta-feira, às 15 horas, e colocar o País na frente em São José do Rio Preto.

NATHALIA GARCIA, Agência Estado

13 de setembro de 2012 | 15h34

"Não tinha muito o que escolher. Agora que saiu o sorteio, vamos tentar começar com esse primeiro ponto para dar uma tranquilidade boa para o time e ver se conseguimos uma vantagem já na sexta", afirmou Rogerinho.

No entanto, o tenista número 2 do Brasil sabe que terá uma difícil missão. "Andreev é um especialista no saibro, saca bem, tem uma boa direita, é um jogador muito sólido. Precisamos pensar uma tática boa para garantir o primeiro ponto para a equipe", disse.

Caso o Brasil consiga vencer a primeira partida contra a Rússia, Thomaz Bellucci entra em quadra diante de Teymuraz Gabashvili, apenas o 163º do mundo, com boas chances de encaminhar a classificação.

Mas, para o principal tenista do País, o adversário pode ser perigoso. "Vai ser um jogo difícil. Acho que ele vai jogar solto, como franco-atirador e é um cara perigoso quando está jogando bem. Se a bola dele está entrando, é difícil. Vou ficar bem tranquilo, então tenho certeza de que farei um bom jogo e ganhar nosso ponto", avaliou.

Já o russo ficou satisfeito com o resultado do sorteio, realizado nesta quinta-feira. Gabashvili acredita que terá mais possibilidade de vencer por enfrentar Thomaz Bellucci no primeiro dia de duelos da Davis. "É bom enfrentar o Bellucci no primeiro dia, terei mais chances e eu poderei fazer algo. Na segunda partida, ele estará com mais ritmo de jogo", analisou.

O Brasil está fora do Grupo Mundial desde 2003, quando a equipe ainda contava com Guga. No ano passado, o País fracassou na tentativa de se classificar para a elite do tênis ao perder exatamente para a Rússia, em duelo realizado na cidade de Kazan, e agora entra na quadra de saibro para conseguir a revanche.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.