Peter Schneider/AP
Peter Schneider/AP

Bellucci passa por Dimitrov e vai à final em Gstaad

Brasileiro bate búlgaro por 2 sets a 0 e decidirá títula na Suíça contra Janko Tipsarevic

AE, Agência Estado

21 de julho de 2012 | 10h38

GSTAAD - Thomaz Bellucci parece ter mesmo reencontrado a confiança. Neste sábado, ele fez um jogo duro contra o búlgaro Grigor Dimitrov, levou o jogo duas vezes para o tie-break, mas não se desestabilizou. Venceu por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/3) e 7/6 (7/5), após uma hora e 55 minutos de jogo, e se classificou para a final do Torneio de Gstaad, na Suíça.

A decisão, marcada para as 6h da manhã deste domingo (horário de Brasília), será contra o sérvio Janko Tipsarevic, principal favorito ao título e algoz de Bellucci na semifinal do Torneio de Stuttgart, na semana passada.

A final em Gstaad será a primeira do brasileiro desde fevereiro de 2010, quando, também no saibro, venceu o Torneio de Santiago, no Chile, para conquistar o segundo título da sua carreira. E o primeiro foi exatamente em Gstaad, em 2009.

Na semifinal deste sábado, Bellucci mostrou logo no primeiro game que estava inspirado, quebrando o saque do búlgaro de apenas 21 anos. Mas, logo na parcial seguinte, o rival devolveu a quebra, aproveitando que o brasileiro sacava mal. Depois, ambos foram confirmando seus serviços até que o set foi decidido no tie-break, com vitória de Bellucci.

No segundo set, aconteceu o contrário. O brasileiro começou sacando mal e tendo seu serviço quebrado. A recuperação veio no quarto game, quando ele devolveu a quebra. O roteiro então seguiu igual ao primeiro set, com serviços mantidos e o set decidido só no tie-break.

Ali, Bellucci teve um mini-break logo no primeiro ponto e chegou, depois, a abrir quatro match points. As três primeiras chances foram desperdiçadas pelo brasileiro, que não deixou passar a quarta e mostrou que vive mesmo um excelente momento na carreira para fechar o jogo e chegar à quarta final da sua carreira no Circuito da ATP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.