AP Photo/ Natacha Pisarenko
AP Photo/ Natacha Pisarenko

Bellucci perde de Mayer e Argentina empata duelo na Copa Davis

Brasileiro cai por 3 sets a 1 após mais de duas horas de partida

Estadão Conteúdo

06 Março 2015 | 19h57

Poucas horas depois de João Souza, o Feijão, ter levado a melhor sobre Carlos Berlocq em um jogo de quase cinco horas e cinco sets, Thomaz Bellucci acabou sendo derrotado por Leonardo Mayer, que venceu por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/3, 1/6 e 6/3, nesta sexta-feira, em Buenos Aires, e empatou em 1 a 1 o duelo que o Brasil trava com a Argentina pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis.

Assim, o confronto de duplas marcado para este sábado, no piso de saibro da arena Tecnópolis, se tornou ainda mais fundamental para a equipe brasileira neste confronto entre as nações. Favoritos mesmo atuando na casa dos rivais, pois hoje estão entre os principais duplistas do mundo, Marcelo Melo e Bruno Soares enfrentarão Federico Delbonis e Diego Schwartzman a partir das 13 horas (de Brasília).

Caso Melo e Soares confirmem favoritismo, o Brasil dependerá de uma vitória em dois jogos no domingo, para quando está prevista a inversão dos duelos de simples desta sexta, com Feijão abrindo o dia contra Mayer e Bellucci fechando o duelo entre os países contra Berlocq.

No último jogo desta sexta na capital argentina, Bellucci chegou a quebrar o saque de Mayer no primeiro set, mas o tenista da casa converteu dois de cinco break points para garantir o 6/4 inicial. Já na segunda parcial, desta vez sem ameaçar por nenhuma vez o serviço do adversário, o brasileiro ainda viu o argentino aproveitar a única chance de quebra para abrir vantagem e depois sacar para fazer 6/3.

Já no terceiro set, Bellucci é que não ofereceu nenhuma oportunidade de quebra a Mayer e ainda converteu os dois break points cedidos pelo seu rival para fazer 6/1 e seguir vivo no jogo. Na quarta parcial, entretanto, o nível do jogo do brasileiro voltou a cair e ele não conseguiu ameaçar o saque de Mayer, que precisou ser feliz em apenas uma de quatro chances de ganhar games no serviço contrário para aplicar o 6/3 que liquidou a partida, após duas horas e 39 minutos.

Atual 87º colocado do ranking da ATP, Bellucci defendia nesta sexta um retrospecto positivo de três vitórias em quatro jogos com Mayer no circuito profissional da ATP. O argentino, porém, vive melhor fase e hoje é o 29º tenista do mundo.

Mais conteúdo sobre:
tênis Copa Davis thomaz bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.