Bellucci perde, e Almagro e Ferrer decidem torneio de Acapulco

Os espanhóis David Ferrer e Nicolás Almagro se enfrentarão no sábado na final do Aberto do México após terem eliminado nas semifinais o brasileiro Thomaz Bellucci e o ucraniano Alexandr Dolgopolov, respectivamente.

REUTERS

26 de fevereiro de 2011 | 09h58

Ferrer, número seis do mundo e primeiro cabeça-de-chave do torneio, tentará manter o título, enquanto Almagro disputará sua terceira final consecutiva no ano, depois de ter vencido no Brasil e na Argentina.

Para passar à final, Ferrer venceu Dolgopolov por 5-7, 6-1 e 6-1.

Almagro, terceiro cabeça-de-chave e número 13 do mundo, conseguiu sua 13a vitória consecutiva ao ganhar de Bellucci por 7-6 (4) e 6-4.

O primeiro set foi equilibrado, com os dois tenistas baseando seus jogos nos serviços, mas no segundo Almagro quebrou o saque do brasileiro, que começou a mostrar desespero e a cometer erros não-forçados, o que o espanhol aproveitou para selar a vitória.

Se Almagro ganhar a final, se tornará o primeiro tenista a conseguir três títulos nos torneios latino-americanos.

Tudo o que sabemos sobre:
TENISACAPULCOESPANHOIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.