Natacha Pisarenko/AP
Natacha Pisarenko/AP

Bellucci perde para Delbonis e Brasil cai diante da Argentina

Tenista leva 3 a 1 de Federico Delbonis e equipe perde por 3 a 2

Estadão Conteúdo

09 Março 2015 | 13h48

Um dia depois da incrível demonstração de raça e força mental e física dada por Feijão, o Brasil voltou a sofrer com a inconstância de Thomaz Bellucci e caiu diante da Argentina na Copa Davis. O número 87 do mundo mostrou novamente os erros e a fragilidade psicológica que marcaram boa parte da sua carreira e foi batido por 3 sets a 1 por Federico Delbonis em Buenos Aires, com parciais de 6/3, 3/6, 6/2 e 7/5.

Com o resultado, a Argentina fechou o confronto diante do Brasil por 3 a 2 e se classificou às quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis, na qual enfrentará a Sérvia. Já o Brasil perdeu a chance de passar pela primeira rodada pela primeira vez desde 2001, quando Guga e Fernando Meligeni comandaram o triunfo sobre o Marrocos, e precisará disputar a repescagem em setembro.

Bellucci entrou em quadra com um set de desvantagem, já que no domingo a partida havia sido interrompida por falta de luz natural, graças ao confronto de 6h42min entre Feijão e Leonardo Mayer. Mas se Feijão saiu de quadra aclamado mesmo com a derrota por 3 sets a 2, Bellucci tropeçou nos erros que se tornaram tão comuns em sua trajetória e viu Delbonis ser dominante durante praticamente todo o jogo, mesmo disputando somente sua primeira partida de simples na Davis na carreira.

O brasileiro, a bem da verdade, até começou o duelo mais concentrado do que no domingo, quando parecia ainda atordoado pela batalha entre Feijão e Mayer. Nesta segunda, ele entrou em quadra forçando o jogo, abusando das bolas no fundo da quadra e impondo seu ritmo. Assim, aproveitou uma quebra no oitavo game para fechar o segundo set.

Do fim da parcial ao início do terceiro set, Bellucci viveu seu melhor momento na partida. Logo no primeiro game, chegou a ter um 15/40 no saque de Delbonis, mas deixou o adversário virar. Em meio a uma sequência de 13 pontos seguidos para o argentino, o brasileiro se perdeu completamente, demorou para voltar ao jogo e viu o adversário fechar o set com certa tranquilidade.

No quarto set, Bellucci voltou a mostrar seus altos e baixos. No quinto game conseguiu uma quebra no saque de Delbonis, mas sequer pôde comemorar a vantagem, já que o argentino devolveu no game seguinte.

O brasileiro, então, voltou a se esconder. Exagerou nos erros, entregou pontos fáceis para o adversário e deixou o set se estender. No 12.º game, viu Delbonis encaixar duas lindas bolas vencedoras seguidas, sendo a segunda no único match point que teve, para garantir o triunfo argentino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.