Bellucci perde para Santoro e cai no Masters de Miami

Brasileiro é superado pelo francês por 2 sets a 1 (6/4, 4/6 e 6/1) e diz adeus ao torneio nos EUA

Agencia Estado

25 de março de 2009 | 19h16

O brasileiro Thomaz Bellucci não conseguiu passar além da primeira rodada do Masters 1000 de Miami nesta quarta-feira. Depois de chegar à fase principal pelo qualifying, o tenista lutou por 2h12, mas acabou derrotado pelo francês Fabrice Santoro por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/1. Com a eliminação de Bellucci, o único brasileiro que resta no torneio é Ricardo Mello, que ainda joga nesta quarta contra o norte-americano Taylor Dent.

Veja também:

linkRicardo Mello perde na estreia e é eliminado em Miami

Na partida disputada na Quadra 1, Bellucci começou bem, equilibrando o jogo contra o experiente tenista, de 36 anos. No primeiro set, foi decisiva para a vitória de Santoro a terceira quebra de saque sobre o brasileiro, no décimo game. Belluci também já havia quebrado o serviço do adversário por duas vezes, mas não conseguiu mais se recuperar da vantagem conseguida pelo francês.

Já no segundo set, foi Bellucci que passou à frente no momento certo. Com quebras no quinto e sétimo games, o brasileiro fechou a parcial e foi para o set decisivo contra o número 50 do mundo. Daí foi a vez de Santoro mostrar sua experiência, abrindo vantagem no quarto game e não deixando mais o brasileiro se recuperar. Bellucci mostrou nervosismo e permitiu que o francês confirmasse a vitória com facilidade.

Enquanto o melhor brasileiro no ranking da ATP, atualmente na 65.ª posição, está fora do Masters de Miami, Santoro enfrentará na segunda rodada do torneio o alemão Nicolas Kiefer, número 29 do mundo.

Ainda nesta quarta-feira em Miami, o tenista Marcos Baghdatis, do Chipre, venceu o letão Ernests Gulbis por 2 sets a 0, com um duplo 6/2. O finlandês Jarkko Nieminen passou pelo espanhol Ivan Navarro também por 2 a 0, mas com um duplo 6/3. O canadense Frank Dancevic teve mais dificuldade, mas avançou, ganhando do alemão Philipp Kohlschreiber por 2 a 0 (6/4 e 7/6), e agora é o adversário do sérvio Novak Djokovic. Mikhail Kukushkin, do Casaquistão, foi outro a vencer, superando o alemão Tommy Haas por 2 a 0 (6/4 e 6/4).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.