Divulgação
Divulgação

Bellucci revela lesão no ombro, mas jogará pela Davis

João Zwetsch ressalta a importância de contar com o tenista número 1 do País

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 13h57

NEU-ULM - O brasileiro Thomaz Bellucci revelou neste sábado estar sofrendo com dores no ombro direito há cerca de duas semanas, fruto de uma tendinite no local, mas descartou deixar a disputa da Copa Davis. Ele afirmou que atuará "no sacrifício" diante do alemão Philipp Kohlschreiber neste domingo, no confronto que pode definir a eliminação brasileira diante da Alemanha no playoff do Grupo Mundial.

"Já estou acostumado com as críticas, e entendo que o povo brasileiro só queira vitórias, mas o esporte é assim. A dor é insuportável, mas tenho orgulho de ser brasileiro, vou honrar a camisa e jogar no sacrifício pelo Brasil", afirmou Bellucci, que voltará ao Brasil para duas semanas de tratamento após a competição.

Em busca da permanência no Grupo Mundial da Copa Davis, a equipe brasileira está atrás da Alemanha em 2 a 1. Na sexta-feira, Rogério Dutra Silva perdeu para Kohlschreiber por 3 sets a 0, mesmo resultado da derrota de Bellucci para Florian Mayer. Neste sábado, no entanto, a dupla formada por Marcelo Melo e Bruno Soares passou por Martin Emmrich e Daniel Brands, mantendo o Brasil vivo na disputa.

Em situação delicada, o capitão brasileiro João Zwetsch ressaltou a importância de contar com o tenista número 1 do País. "Se fosse um torneio do circuito e não a Davis, eu mesmo, como técnico, o faria desistir", disse. "Mas é Davis e o Thomaz se disponibilizou com muita coragem e garra."

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisThomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.